Pitty afirma que é preciso respeitar as mulheres que não querem ter filhos

A cantora, que está grávida de sete meses, revela que gosta de conversar sobre o assunto somente com pessoas do mesmo gênero. E que só sentiu mesmo que seria mãe quando o bebê começou a se mexer

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jorge Bispo/Divulgação
(foto: Jorge Bispo/Divulgação)
Em recente entrevista à revista TPM, Pitty, que está grávida de sete meses, afirma que é preciso respeitar as mulheres que não querem ter filhos.

Ela contou ainda que sentiu realmente que seria mãe quando a barriga cresceu e o bebê começou a se mexer.

A baiana, de 38 anos, que já sofreu um aborto espontâneo em 2006, revelou na entrevista que ficou em dúvida sobre se iria engravidar de novo.  E conversar sobre a gravidez, afirma a cantora, somente com as mulheres, pois os homens até são solidários, mas assuntos assim, com as mulheres, é algo mais “singular”. 




VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO