Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank adotam menina africana

Criança de 2 anos, que desembarcou no Brasil com o casal no início desta semana, se chama Chissomo

por Estado de Minas 07/07/2016 11:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

A família dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank está crescendo. Na manhã desta quinta-feira, 7, a assessoria do casal confirmou a chegada de uma criança na casa deles.

"A família gostaria de agradecer o carinho e respeito de cada um de vocês. Eles estão vivendo um momento muito especial, de muita alegria", disse Piny Montoro, assessora de imprensa de Gagliasso e Ewbank, ao site EGO.
Reprodução/Instagram
Casados desde 2010, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank se tornaram papais (foto: Reprodução/Instagram)

A menina africana de 2 anos, que desembarcou no Brasil com o casal no início desta semana, se chama Chissomo  (se pronuncia "Tissomo"), mas já ganhou um apelido carinhoso da nova família: Titi.


O processo de adoção demorou um ano e dois meses, sendo que os últimos três meses Bruno e Giovanna praticamente moraram em Malawi, no Sul da África. A notícia da adoção foi dada ao EGO em primeira mão.

'O anjo da família'
Nas redes sociais, Gian Luca, irmão de Giovanna, postou na noite desta quarta-feira, 6, uma foto de uma criança em um carro, sorrindo, de óculos escuros. Na legenda, ele escreveu: "O anjo da família chegou. Bem vinda, Titi. Nós te amamos", e marcou a irmã, Giovanna Ewbank, o cunhado, Bruno Gagliasso, a namorada, Giovanna Lancelloti, além dos pais e outros familiares.

Nos comentários das fotos, além dos fãs, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank também escreveram. A atriz chegou a se declarar para a menina: "Amor da minha vida".


Já Bruno colocou vários coraçõezinhos e uma mão agradecendo. Já a mãe de Giovanna comentou: "Amor da vovó", assim como Giovanna Lancelloti, que escreveu: "Princesa da tia Gi".

Segundo fontes, o casal teria adotado a menina de 2 anos na África. O ator e a repórter do "Vídeo Show" foram ao Malaui, no Sul da África, no ano passado para apoiar uma ONG que envia donativos para crianças carentes da qual Giovanna veio a se tornar embaixatriz.


Na ocasião, eles teriam dado entrada no processo de adoção e neste ano e teriam recebido a permissão para adotar a criança.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO