Polícia Civil divulga conversa entre ex-BBB detido por estupro e adolescente de 13 anos

Participante do Big Brother Brasil de 53 anos foi preso em Curitiba na manhã desta segunda-feira (16)

por Diário de Pernambuco 17/05/2016 11:19

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
TV Globo/Divulgação
Investigação começou após a participação do designer de tatuagem no BBB 16 (foto: TV Globo/Divulgação)
A Polícia Civil do Paraná divulgou capturas de tela em que o ex-BBB Laércio de Moura, de 53 anos, conversa com uma garota de 13 anos - a conversa é de 2012 e atualmente ela tem 17 anos. Nesta segunda (16), ele foi detido, em Curitiba, acusado de crime de estupro de vulnerável e de fornecer bebidas alcoólicas a adolescentes.

Segundo as informações divulgadas, Laércio mantinha um caso com a garota desde que ela tinha 13 anos de idade. O designer de tatuagem foi preso no Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente.

A visibilidade provocada pela participação no reality show Big Brother Brasil, da TV Globo, rendeu sucessivas denúncias contra ele, o que provocou o início das investigações. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Patrícia Conceição Nobre Paz, o ex-BBB demonstrou práticas duvidosas, que desencadearam diversas denúncias a nível nacional.

O designer de tatuagem foi eliminado no segundo paredão desta edição, quando disputou um "Fla-Flu" com a adversária Ana Paula. Ainda no confinamento, a ex-BBB Ana Paula Renault o acusou de pedofilia em algumas discussões, devido à maneira como o curitibano olhava as participantes mais novas do programa, Munik e Maria Claudia.

Na página oficial do Facebook, Laércio compartilhava imagens de meninas adolescentes e se dizia "efebófilo" - tem atração sexual por adolescentes.

Polícia Civil - PR
(foto: Polícia Civil - PR)


Polícia Civil - PR
(foto: Polícia Civil - PR)


Polícia Civil - PR
(foto: Polícia Civil - PR)


Polícia Civil - PR
(foto: Polícia Civil - PR)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO