Com 81,5 milhões de assinantes, Netflix prevê queda da clientela no segundo trimestre

No início do ano, empresa anunciou seu lançamento simultâneo em 130 novos países, mas espera ganhar apenas 2,5 milhões de novos usuários

por AFP 19/04/2016 10:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP / Ryan Anson
Fachada da Netflix em Los Gatos, na Califórnia, Estados Unidos (foto: AFP / Ryan Anson)
O serviço americano de streaming Netflix registrou uma alta na receita e no número de assinantes no primeiro trimestre, mas antecipa uma queda nos usuários para o segundo. O Netflix registrou 7,74 milhões de assinantes entre janeiro e março, o que significa um recorde. Com isso, chega a 81,5 milhões o número total de assinantes. Desses, 42% são de fora dos Estados Unidos.

No início de janeiro, o Netflix anunciou seu lançamento simultâneo em 130 novos países. Somados aos 50 atuais, isso amplia sua cobertura para quase todo o planeta. Uma das exceções é a China, onde sua chegada está em discussão, informou a empresa nesta segunda-feira. Em contrapartida, no segundo trimestre, o Netflix espera ganhar apenas 2,5 milhões de novos usuários, sendo apenas meio milhão nos Estados Unidos.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO