Kéfera faz paródia de 'Work' e internautas criticam: ''machista e racista''

Redes sociais foram tomadas por críticas pela letra e blackface utilizada no vídeo

13/04/2016 14:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/YouTube
Vídeo foi duramente criticado por movimentos negros e feministas (foto: Reprodução/YouTube)
Divulgado na manhã desta quarta-feira, 13, a paródia de Work, feita pela vlogueira Kéfera, acabou se tornando centro de uma polêmica nas redes sociais. Vários internautas alegaram que a webcelebridade se mostrou racista e machista com a produção, que utiliza de blackface e "estimula a competição feminina".
 
 
 
Nas redes sociais, fãs têm defendido Kéfera, afirmando que a produção é apenas humorística e não teve nenhuma intenção de ofender. "Aí gente parem de mimimi, o preconceito está na mente de vocês que só vê besteira, e dai se ele estivesse se pintado? Mds (sic) muito mimimi. O importante é que o clip ficou MARAAAAVILHOSO", escreveu uma internauta na página oficial da vlogueira.
 
 
 
No Twitter, as críticas se concentram mais no fato de Gusta, namorado da vlogueira que contracena com ela no vídeo, usar blackface. "Será que a Kefera não sabe o que é blackface ou será que ela simplesmente ignora?", escreveu @tsunderinha.
 
 
 
Em defesa, alguns fãs afirmaram que Gusta é negro e, por isso, nao pode ser caracterizado como blackface. A técnica era adotada no século XIX por homens brancos no teatro, que usavam tinta preta para interpretar negros. Até hoje, práticas semelhantes são duramente criticadas por movimentos negros, já que a prática promove o preconceito.
 
 
 
Pelo Snapchat, Kéfera afirmou que o namorado não usou maquiagem para ficar mais negro. "Não queria falar nada pra galera acusando o Gustavo de blackface, mas Gustavo não passou maquiagem para ficar moreno. Ele é moreno!”, disse. “Colocou barba e peruca. A cor da pele dele é morena mesmo”. 
 
 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO