BBB16: Munik é acusada de racismo por internautas

A participante utilizou o termo ''nega'' ao se referir a atividades domésticas

por Diário de Pernambuco 28/03/2016 17:16

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
TV Globo/Divulgação
(foto: TV Globo/Divulgação)
O favoritismo de Munik ao prêmio de R$ 1,5 milhão no Big brother Brasil 16 começa a estremecer. Por comentário no confinamento, a participante goiana, de 19 anos, é acusada de racismo por internautas. A hashtag #munikracista foi um dos assuntos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira, 28.

O comentário foi feito enquanto fazia atividades na casa. "O povo nem o prato que come tem coragem de levar na pia. Tá pensando que tem empregada aqui? Tá pensando que tem "nega" aqui, dona Geralda?", disse a goiana. Ela ainda complementou: "Munik, a nega do BBB".

O assunto virou "debate" na internet. Entre as justificativas, os internautas defendem Munik pelo ponto de vista de ela ser amiga de Ronan no confinamento, que é negro.

No início da edição, o reality show foi alvo de polêmica devido ao boneco de esponja negro, colocado na decoração como utensílio de limpeza na cozinha. Nas primeiras semanas, Ronan retirou o boneco da cozinha e o colocou como item decorativo na sala.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO