Anna Muylaert defende Lula e Dilma em prêmio da Globo

Cineasta foi uma das vencedores do prêmio Faz Diferença, organizado pelo jornal carioca

por Diário de Pernambuco 24/03/2016 09:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
(foto: Divulgação)
A cineasta paulista Anna Muylaert, diretora do elogiado Que horas ela volta?, dedicou o prêmio Faz Diferença, oferecido pelo jornal O Globo, à presidenta Dilma Rousseff e ao ex-presidente Lula. Ela citou os dois como "pais de Jessica", personagem importante da trama do filme.

"Quero dedicar esse prêmio às Jéssicas que estão hoje na universidade e a algumas pessoas que eu acredito que tem muito a ver com isso. Eu entendo essas pessoas como pai e a mãe das Jéssicas. Não no filme, mas na vida real, que são o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff", afirmou.

No filme, Regina Casé interpreta a empregada doméstica Val, recifense que foi tentar a sorte em São Paulo e, por isso, não acompanhou o crescimento da filha, interpretada por Camila Márdila. Ao contrário da mãe, Jéssica ganha uma série de oportunidades de estudar e ter uma vida melhor, o que a leva a tentar vestibular em São Paulo, onde convive com os patrões de Val e levanta discussões importantes sobre a sociedade brasileira.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO