Monica Iozzi critica postura da Globo sobre os protestos: "Que momento triste"

No Twitter, ela criticou cegueira política e direcionou reclamações ao 'Jornal Nacional'

por Diário de Pernambuco 14/03/2016 10:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

 Globo/Reprodução
Apresentadora deixou a bancada do 'Vídeo show' em fevereiro (foto: Globo/Reprodução)
A ex-apresentadora do Vídeo show Monica Iozzi criticou, nas redes sociais, a postura da TV Globo com relação aos protestos realizados neste domingo em cidades brasileiras. Um dos rostos mais populares do atual quadro da emissora, ela denunciou a "tendenciosidade" das matérias jornalísticas e se mostrou indignada com a reação da população.

Saída de Monica Iozzi do Vídeo show foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais

"Meu Deus!!! Que momento triste vivemos. Como estamos equivocados, cegos. Somos um povo que se informa apenas por manchetes do JN...", disparou, no Twitter. A publicação, feita às 11h17 deste domingo, foi retuitada por 5,5 mil internautas e curtida por 6,4 mil. Monica é seguida por 600 mil pessoas na rede social.

Em tarde na qual fez vários comentários relacionados à política, ela se mostrou bastante inconformada. "Não aprovo governo, não aprovo oposição. Acho a mídia tendenciosa. Não me sinto bem informada, nem representada por ninguém. E agora, José?", escreveu, em outro post, retuitado 3,7 mil vezes e curtido por 5 mil internautas.

 

Twitter/Reprodução
(foto: Twitter/Reprodução)

 

Twitter/Reprodução
(foto: Twitter/Reprodução)
 

 

Iozzi demonstrou indignação com o comportamento declaramente homofóbico do deputado Jair Bolsonaro, do Partido Progressista, um dos entusiastas das manifestações. "Essa é pra você que, apesar de apoiar Jair Bolsonaro e sua trupe, ainda se considera humano", disse ela, em post no qual copiou o link de entrevista feita com ele por Ellen Page, indicada ao Oscar pelo papel no filme Juno.

A atriz canadense visitou Bolsonaro para questionar algumas declarações feitas por ele. "Sou gay. Você acha que eu deveria ter apanhado quando criança?", confrontou Ellen. Na conversa, ele fez uma análise do suposto aumento de homossexuais. "Acho que é comportamental. Quando eu era jovem, existiam poucos gays. Com o passar do tempo, com as liberdades, as drogas e as mulheres trabalhando, aumentou bastante o número de homossexuais", opiniou. O material faz parte da série documental Gaycation, do canal Viceland.

Monica Iozzi se despediu da bancada Vídeo show, dividida com Otaviano Costa, no dia 12 de fevereiro, após 10 meses na atração - a proposta inicial era que ficasse três meses. No último dia, ela se tornou um dos assuntos mais comentados na internet. Após sair do programa, no qual foi substituída pela humorista Maíra Charken, ela vai se dedicar à carreira de atriz e está escalada como protagonista de uma série escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young. O último papel dela na TV foi como Scarlett, em Alto astral, da Globo.

Assista à entrevista de Jair Bolsonaro para Ellen Page:

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO