Carol Castro se prepara para desafio de atuar na telenovela 'Velho Chico'

Com a primeira etapa da novela estimada em 27 capítulos, Carol Castro atuará ao lado de Rodrigo Santoro e estará em foco como uma cantora baiana

por Correio Braziliense 09/03/2016 17:21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Inácio Moraes/Gshow/Reprodução
Carol Castro em festa de lançamento do folhetim (foto: Inácio Moraes/Gshow/Reprodução)
No cinema e na televisão, Carol Castro atualmente se encontra "entre dois Rodrigos": na telona, divide o sucesso de Um suburbano solitário com Rodrigo Sant’Anna, e, na telinha, está a postos como o grande amor do protagonista de Velho Chico, Afrânio (Rodrigo Santoro). "Em Mulheres apaixonadas, Santoro e eu tivemos personagens que não se encontravam: era o meu primeiro papel, e o último dele na tevê. O filme com o Sant’Anna conversa com uma massa de público (quase 1 milhão de espectadores), mas a televisão atinge de maneira muito mais imediatista", comenta a atriz, em excelente fase.

 

Até em Miami e passados três anos desde a vitória em A dança dos famosos, Carol Castro saboreia a magnitude da tevê. "É impressionante como mobiliza as pessoas, que torcem e se encantam com a fusão de música e dança. São linguagens que falam com a alma, e isso mexeu com muita gente", observa a atriz, que emprestará os dotes na dança para Iolanda, em Velho Chico (que, numa segunda fase, será Christiane Torloni).

Com a primeira etapa da novela estimada em 27 capítulos, Carol Castro estará em foco como uma cantora baiana, descendente de espanhóis, atrelada ao dia a dia em Salvador e uma representante do retrato de tropicalismo forte, típico do fim dos anos de 1960. "Ela está no meio de músicas que falavam de tudo o que estava acontecendo à volta: uma explosão de cultura. Daí, o fato de ela ter um romance tórrido com o Afrânio (Santoro e Antônio Fagundes, numa segunda etapa) abalar um 'família de coronel', que não a aceita, por ser completamente da 'era de aquarius' (risos)", explica a carioca, aos 31 anos.

A expectativa de Velho Chico, dada a empolgação de Carol Castro, é das mais altas. Com direito a quatro preparadores de elenco, ao lado do "mago" Luiz Fernando Carvalho (diretor da novela), a atriz se sente respaldada para dar a largada na novela. "Fizemos a preparação no tevêlier, que é tipo um atelier da Globo, numa estrutura que mistura profissionais de áreas diversificadas", conta. A energia e o desprendimento de Rodrigo Santoro magnetizaram a colega de cena:"Ele é mágico — entrou de cabeça, como faz em todos os trabalhos".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO