''Se quer ajudar, me ajude'', diz Kanye West sobre caridade de milionários à África

Rapper tem dívida de US$ 53 milhões e pediu cerca de US$ 1 bilhão para Mark Zuckerberg

15/02/2016 17:23

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Facebook
O lançamento de um disco e da marca de roupas levou o rapper a uma dívida de US$ 53 milhões (foto: Reprodução/Facebook)
Depois de se envolver em uma polêmica com músicas misóginas em seu novo disco, Kanye West se tornou protagonista de mais uma nas redes sociais. O rapper usou seu Twitter nesta segunda-feira, 15, para pedir a Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, uma ajuda no valor de 1 bilhão de dólares. O motivo? Uma dívida de US$ 53 milhões, acumulada com o lançamento do The life of pablo e da linha de roupas Yeezy.

"Mark Zuckerberg, eu sei que é seu aniversário, mas você poderia me ligar amanhã?", escreveu o rapper no Twitter. "Eu não tenho recursos suficientes para cirar o que eu realmente consigo. Mark, eu estou publicamente pedindo por ajuda", completou após uma série de tweets alegando ser parte da "geração Disney" e o artista favorito de Zuckerberg.

Com diversas reações de fãs, Kanye ainda usou o Twitter para se auto afirmar. Em uma série de mensagens publicadas na rede social, ele ainda criticou alguns empresários que doam dinheiro a países subdesenvovlidos. "Você prefere abrir uma escola na África como se realmente ajudasse o país. Se quer ajudar, me ajude", escreveu o rapper.    

Bastante criticado pelas declarações, Kanye tentou se explicar com mais uma série de mensagens, afirmando que é uma personalidade "rica" e que pode "comprar peles e casas". "Mas eu preciso de acesso a mais dinheiro para trazer ideias maravilhosas para o mundo. Se eu gastar o meu dinheiro em minhas ideias, eu não vou poder tomar conta da minha família. Estou em um lugar que muitos artistas acabam", completou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO