BBB 16: Após ser chamado de pedófilo, Laércio deixa o programa com 54% dos votos

O gaúcho, que protagonizou discussão com Ana Paula na última semana, deixa a competição no segundo paredão

por Diário de Pernambuco 03/02/2016 09:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Globo/Divulgação
Segundo eliminado da competição, Laércio deixa a casa com 54% dos votos (foto: Globo/Divulgação)
O conflito de Ana Paula e Laércio teve fim nesta terça-feira (2). Ao menos, dentro do Big Brother Brasil 16. O designer de tatuagem, de 53 anos, foi eliminado no segundo paredão do confinamento. O confronto direto entre os dois adversários já é forte candidato a um dos paredões mais marcantes desta edição. Tudo começou com a antipatia da mineira com o gaúcho, intensificada ao longo da convivência, principalmente na festa do último sábado (30).

Se no início as discussões se restringiam à sujeira no banheiro ou divergência na convivência, o fim de semana estremeceu ainda mais a relação entre os dois. Os olhares de Laércio para as participantes, enquanto elas dançavam, incomodaram Ana Paula. Sem papas nas línguas, ela o acusou de "pedófilo nojento" ao vê-lo deitado de cueca na cama. O líder Daniel assumiu a função de "justiceiro", tomou as dores do gaúcho e indicou a mineira para o paredão. Com sete votos da casa, Láercio foi para o duelo.

A briga repercutiu muito na internet, sobretudo quando internautas acessaram a página pessoal do Facebook do participante. No perfil, já excluído da rede social, ele assume ser "éfebófilo", que significa ter atração por adolescentes. Quando foi acusado de pedófilo, ele chegou a consultar a advogada e participante Adélia sobre as providências jurídicas que poderiam ser tomadas fora da casa. Também pediu a expulsão da participante para a direção do programa.

Sobre Laércio
Durante o confinamento, Laércio já admitiu o interesse por menores de idade em conversa com outros participantes. Ele namora uma jovem de 19 e já se relacionou com outra de 17. Nas discussões com Ana Paula, ele adotou uma postura mais tranquila até ser chamado de pedófilo. Não alterou o tom de voz, mas deixou claro que ficou incomodado com o jeito autoritário dela.

Outra polêmica relacionada ao perfil na rede social são as páginas curtidas pelo gaúcho, como "louco por armas" e uma a favor do nazismo. Ele também compartilhou publicações gordofóbicas ou que debocham de mulheres feministas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO