Canal de TV recebe críticas por escalar ator branco para viver Michal Jackson em filme

Joseph Fiennes foi escolhido pela emissora Sky Arts para viver o Rei do Pop no telefilme 'Elizabeth, Michael & Marlon'

28/01/2016 15:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução
(foto: Reprodução)
A escolha do canal britânico Sky Arts em ter Joseph Fiennes como Michael Jackson em um telefilme não agradou muitas pessoas, reascendendo a polêmica no representatividade negra na TV e no cinema. Logo após a divulgação da notícia, fãs, telespectadores e ativistas do movimento negro criticaram a decisão de ter um ator branco vivendo uma personalidade negra.

A polêmica relembrou ainda uma entrevista de Michael, em participação no programa da Oprah Winfrey, em que ele afirma que seria "horrível" ser interpretado por um ator branco. Na época, a declaração seguiu de uma polêmica em que o cantor teria escolhido um garoto branco para viver uma versão mais jovem dele em um comercial, o que foi negado.  “Essa é a história mais ridícula e horrível que já ouvi. É louca. Por que eu iria querer um garoto branco para me interpretar? Eu sou um americano negro. Tenho orgulho de ser afro-americano. Tenho orgulho da minha raça. Tenho orgulho de quem eu sou”, afirmou na época.
 
 
 
Elizabeth, Michael & Marlon contará uma história passada em 2001, quando Michael Jackson já estava embranquecido. Na trama, o cantor, Elizabeth Taylor e Marlon Brandon fogem de Nova York após os atentados de 11 de setembro. Segundo a revista Vanity Fair, a história é real e os três chegaram em Ohio de carro, sem motorista.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO