Wagner Moura disputa Globo de Ouro pelo papel de Pablo Escobar em Narcos

Brasileiro concorre com quatro pesos-pesados na categoria ator em série dramática

10/01/2016 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Daniel Daza/Netflix/DivulgaÇÃo
O sotaque de Wagner Moura interpretando Pablo Escobar recebeu críticas e ele rebateu: "O único espanhol que sei é o que aprendi em Medellín" (foto: Daniel Daza/Netflix/DivulgaÇÃo)
Um jovem programador que tem vida dupla: durante o dia é engenheiro de segurança virtual e, quando a noite cai, atua como hacker. Um publicitário atormentado, mulherengo, beberrão, mas nem por isso menos genial. Um advogado mequetrefe de ética mais do que duvidosa, mas de bom coração. Um pai dedicado e marido desatento, que vive entre o submundo e as altas rodas, apagando incêndios de seus contratantes e da própria família, para lá de mafiosa.

São todos personagens dúbios, com um senso de moral bem particular. Mas nenhum deles se equipara em importância, influência e crueldade a Pablo Escobar. No entanto, serão eles – Elliot, de Mr. Robot; Don Draper , de Mad men; Saul Goodman, de Better call Saul; e Ray Donovan, da série homônima, respectivamente – os concorrentes do maior narcotraficante da história nesta noite.

Dezesseis anos após Central do Brasil, o país volta a torcer por um brasileiro no Globo de Ouro. Na 73ª edição do prêmio, que será realizado nesta noite em Los Angeles (com transmissão pelo TNT, a partir das 22h), Wagner Moura é um dos cinco atores indicados em uma das categorias mais importantes de TV: ator em série dramática. Concorre por sua interpretação de Escobar em Narcos, do Netflix.

Além disso, Narcos também é uma das cinco produções que concorrem ao prêmio de melhor série dramática. Tem a seu lado a já citada Mr. Robot, além do arrasa-quarteirão Game of thrones, da fantasia Outlander e do drama musical Empire.

Ainda que seja uma produção norte-americana, falada em espanhol e inglês, não custa lembrar, Narcos nasceu de José Padilha. Foi o cineasta carioca, que dirigiu Moura em Tropa de elite, que levou o projeto para o Netflix (a segunda temporada está em produção). Padilha é produtor-executivo da série, e dirigiu os dois primeiros episódios.

A indicação de Moura ao Globo de Ouro foi a melhor resposta que o ator baiano poderia dar às críticas que recebeu pelo sotaque que tentou imprimir ao personagem. Escobar era de Medellín, e o ator buscou falar como um paisa (os nativos da região daquela cidade colombiana).

No Brasil, o sotaque virou uma celeuma assim que a série estreou, em 28 de agosto. As discussões na imprensa e nas redes sociais foram tantas, e tão acaloradas, que o ator se pronunciou: “O único espanhol que eu sei é o que aprendi em Medellín. Quando fiz JK (minissérie exibida em 2006), tentei pincelar o sotaque mineiro sem nunca forçar. Também não era perfeito como o de alguém que nasceu em Belo Horizonte”.

Nas bolsas de apostas para este domingo, o nome de Moura não é muito citado. O favorito é Jon Hamm, que recebeu sua sexta indicação como o Don Draper de Mad men (ele já levou um Globo de Ouro pelo mesmo papel, em 2008). Seria, segundo as previsões, uma despedida à altura da importância do personagem, que terminou sua trajetória na TV em maio, após sete temporadas.
Para os novidadeiros, um candidato forte é Rami Malek, de Mr. Robot, série estreante como Narcos. O ator americano de ascendência egípcia é nome em ascensão entre o público jovem, graças a participações em produções como Need for speed e Uma noite no museu. Há ainda o sempre simpático Bob Odenkirk, que repete em Better call Saul o advogado Saul Goodman que lhe deu a fama em Breaking bad e Liv Schreiber, que nos dois últimos anos também concorreu por Ray Donovan.

Na última semana, a convite de Reed Hastings, o diretor-executivo do Netflix, Moura participou da CES2016, feira de tecnologia em Las Vegas. Esteve ao lado de Krysten Ritter (encontro devidamente registrado pela atriz e postado em sua rede social). Krysten é a atual queridinha do Netflix (e do público jovem), graças à repercussão de Jessica Jones. Da Costa Oeste, Moura voou direto para a Leste. Anteontem, participou em Nova York do programa de Jimmy Fallon, hoje um dos mais badalados talk-shows dos EUA (o GNT exibe a entrevista nesta sexta-feira, à 1h).

Ou seja, Moura vem fazendo o dever de casa em Hollywood. O curioso é que o reconhecimento venha por um papel polêmico em que ele interpretou com um espanhol que gerou controvérsias. Suas aulas de inglês, seguidas à risca para sua estreia nos EUA, no filme Elysium (a interpretação de Moura foi um dos poucos elogios que o longa de Neill Blomkamp recebeu), de nada valeram. Por ora, vale dizer.

GLOBO DE OURO
O canal TNT transmite a premiação a partir das 22h. O E! transmite a chegada dos indicados ao tapete vermelho a partir das 21h.

 


Em importância, o Globo de Ouro, prêmio concedido pela Associação da Imprensa Estrangeira em Hollywood, só perde para o Oscar. Para o telespectador, ele ganha de longe da maior premiação da indústria cinematográfica norte-americana. Não tem a formalidade do Oscar, tampouco os números musicais um tanto kitsch. Além do mais, os astros sempre ficam mais à vontade na premiação, regada a muita comida e bebida.

Independentemente dos troféus que porventura levar, o Netflix já é uma vencedora desta edição do prêmio. O site de streaming, que anunciou na última semana estar presente em 190 países, soma oito indicações nesta noite. Além de Narcos, House of cards e Orange is the new black, a empresa conseguiu emplacar o filme Beasts of no nation (Idris Elba concorre a ator coadjuvante). Como é um longa-metragem, a produção do site entrou na categoria cinema, e não TV.

Nesta noite, a cerimônia será comandada novamente pelo comediante britânico Ricky Gervais, que adora tirar sarro do mundo de celebridades. Estão confirmados, para apresentar prêmios, os nomes de Jim Carrey, Helen Mirren, Amy Adams, Julianne Moore, Lady Gaga, Eddie Redmayne, entre outros.

O drama lésbico Carol, de Todd Haynes, que estreia no Brasil na quinta-feira (também o dia em que os indicados ao Oscar 2016 serão anunciados), é o campeão de indicações nesta edição do Globo de Ouro. O longa protagonizado por Cate Blanchett e Rooney Mara concorre em cinco categorias, entre elas melhor filme e diretor. Cate e Rooney, por sinal, também vão concorrer entre si, na principal categoria de atriz, dedicada a produções dramáticas.

O Globo de Ouro divide sua premiação entre produções dramáticas e comédias/musicais. Com quatro indicações cada, A grande aposta, de Adam McKay, e Perdido em Marte, de Ridley Scott, concorrem entre as produções consideradas comédias. Já Steve Jobs, de Danny Boyle, está em drama. (MP)


Onde (e quando) assistir
aos filmes do Globo de ouro


» Em cartaz em BH: O bom dinossauro, O clube, Os oito odiados, Spotlight – verdades reveladas.
» Vão estrear: dia 14 – A grande aposta, Carol, Cinco graças, Creed, Snoopy e Charlie Brown – Peanuts, o filme, Steve Jobs; dia 21 – Joy: o nome do sucesso, O novíssimo testamento; dia 28 – Anomalisa, A senhora da van, Trumbo – lista negra; 4 de fevereiro – O filho de Saul, O regresso; 11 de fevereiro – A garota dinamarquesa; 18 de fevereiro – O quarto de Jack; 3 de março – Um homem entre gigantes.
» Já exibidos: A espiã que sabia de menos, Descompensada, Divertida mente, Mad Max: a estrada da fúria, Não olhe para trás, Perdido em Marte, Ponte dos espiões, Sentimentos que curam e Shaun, o carneiro.
» Sem previsão: 99 Homes, Brooklyn, Ex-machina: instinto artificial, Grandma, Juventude, Love & Mercy, Miekkailija.
» No Netflix: Beasts of no nation

 

PRINCIPAIS INDICADOS


   CINEMA

• FILME DRAMA – Carol; Mad Max: A estrada da fúria; O regresso; O quarto de Jack; Spotlight – Segredos revelados
• FILME COMÉDIA OU MUSICAL – A grande aposta; Joy: O nome do sucesso; Perdido em Marte; A espiã que sabia de menos; Descompensada
• DIRETOR – Todd Haynes (Carol); Alejandro Iñarritu (O regresso); Tom McCarthy (Spotlight); George Miller (Mad Max: A estrada da fúria); Ridley Scott (Perdido em Marte)
• ATOR DRAMA – Bryan Cranston (Trumbo); Leonardo DiCaprio (O regresso); Michael Fassbender (Steve Jobs); Eddie Redmayne (A garota dinamarquesa); Will Smith (Um homem entre gigantes)
• ATOR COMÉDIA OU MUSICAL – Christian Bale (A grande aposta); Steve Carell (A grande aposta); Matt Damon (Perdido em Marte); Al Pacino (Não olhe para trás); Mark Ruffalo (Sentimentos que curam)
• ATRIZ DRAMA – Cate Blanchett (Carol); Brie Larson (O quarto de Jack); Rooney Mara (Carol); Saoirse Ronan (Brooklyn); Alicia Vikander (A garota dinamarquesa)
• ATRIZ COMÉDIA OU MUSICAL – Jennifer Lawrence (Joy: O nome
do sucesso); Melissa McCarthy (A espiã que sabia de menos); Amy Schumer (Descompensada);
Maggie Smith (A senhora da van); Lily Tomlin (Grandma)
• ATOR COADJUVANTE – Paul Dano (Love & mercy); Idris Elba (Beasts of no nation); Mark Rylance (Ponte dos espiões); Michael Shannon (99 Homes); Sylverster Stallone (Creed)
• ATRIZ COADJUVANTE – Jane Fonda (Juventude); Jennifer Jason Leigh (Os 8 odiados); Helen Mirren (Trumbo); Alicia Vikander (Ex machina: Instinto artificial); Kate Winslet (Steve Jobs)
• ROTEIRO – O quarto de Jack; Spotlight; A grande aposta; Steve Jobs; Os 8 odiados
• ANIMAÇÃO – Anomalisa; O bom dinossauro; Divertida mente; Snoopy e Charlie Brown – Peanuts, o filme; Shaun, o carneiro
• FILME ESTRANGEIRO – O novíssimo testamento; O Clube; Miekkailija; Cinco graças; O filho de Saul

 

TV

• SÉRIE DRAMA – Empire; Game of thrones; Mr. Robot; Narcos; Outlander
• SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL – Mozart in the jungle; Orange is
the new black; Silicon Valley; Transparent; Veep
• MINISSÉRIE OU FILME PARA TV – American crime; American horror story: Hotel; Fargo; Flesh & Bone; Wolf hall
• ATOR EM SÉRIE DRAMÁTICA – Wagner Moura (Narcos); Jon Hamm (Mad men); Rami Malek (Mr. Robot); Bob Odenkirk (Better call Saul); Liev Schreiber (Ray Donovan)
• ATOR EM SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL – Aziz Ansari (Master of none); Gael García Bernal (Mozart in the jungle); Rob Lowe (The grinder); Patrick Stewart (Blunt talk); Jeffrey Tambor (Transparent)
• ATRIZ EM SÉRIE DRAMÁTICA – Caitriona Balfe (Outlander); Viola Davis (How to get away with muder); Eva Green (Penny Dreadful); Taraji P. Henson (Empire); Robin Wright (House of cards)
• ATRIZ EM SÉRIE COMÉDIA OU MUSICAL – Rachel Bloom (Crazy ex-girlfriend); Jamie Lee Curtis (Scream queens); Julia Louis-Dreyfus (Veep); Gina Rodriguez (Jane the virgin); Lily Tomlin (Grace and Frankie)
• ATOR MINISSÉRIE OU FILME PARA TV – Idris Elba (Luther); Oscar Isaac (Show me a hero); David Oyelowo (Nightingale); Mark Rylance (Wolf hall); Patrick Wilson (Fargo)
• ATRIZ EM MINISSÉRIE OU FILME PARA TV – Kirsten Dunst (Fargo); Lady Gaga (American horror story: Hotel); Sarah Hay (Flesh & Bone); Felicity Huffman (American crime); Queen Latifah (Bessie)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO