Namorado de Jout Jout aparece pela primeira vez e fala sobre racismo

Depois de quase dois anos atrás das câmeras, o namorado de Julia Tolezano mostra as caras para discutir identidade racial

por Diário de Pernambuco 05/01/2016 18:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução/YouTube
(foto: Reprodução/YouTube)
A identidade do misterioso namorado de uma das youtubers mais famosas da atualidade foi, enfim, revelada. Caio, que antes era só uma voz, a ponta de um nariz em uma foto ou um corpo com a cabeça cortada teve, nesta terça-feira (5), seu rosto exibido sem cortes nem censura em um vídeo que já tem mais de 300 mil visualizações. O motivo, porém, que levou o namorado de Julia Tolezano, a Jout Jout, a mostrar as caras após quase dois anos recluso não foi uma estratégia para multiplicar o número de likes em um janeiro modesto.

No fim de 2015, começaram a circular pela internet fotos de Caio, e a aparência do namorado da youtuber foi discutido até a exaustão e compartilhada em grupos de Whatsapp: “Sei lá, imaginava ele diferente”, muitos comentaram, enquanto revelavam como era o Caio de seus devaneios. O debate atingiu seu auge com a publicação do texto: O namorado negro da Jout Jout e o racismo nosso de cada dia, uma reflexão de Ricardo Laranja sobre os motivos que levariam usuários a dizerem coisas como: “É um negão. Jout Jout gosta de salame extra G. Parabéns Jout Jout” e “Caio na minha imaginação é loiro alto, de olhos azuis e musculoso”.

 

 

 

“Esse que vos fala é Caio”, diz o namorado de Júlia no início do vídeo, com humor e descontração típicas da youtuber. O jovem de 24 anos compartilha suas impressões sobre a primeira semana de 2016, quando ele se tornou um dos maiores trending topics a despontar no ano. “Para eu me considerar negro no Brasil, tenho que ter sofrido algum tipo de racismo? E quem decide isso?”, questiona Caio, e explica que, até aquele momento, ele havia se considerado pardo, como muitos brasileiros, talvez devido ao fato de discussões raciais ainda serem tabu em nosso país.

No vídeo, Caio também explica que, desde o vazamento das fotos, as opiniões dos internautas se dividiram entre aqueles que o apoiaram pelo racismo sofrido e aqueles que ficaram indignados porque achavam que ele não era negro. “Algumas dessas pessoas que falaram que eu não sou negro estavam tentando me proteger de sê-lo, como se isso fosse uma coisa negativa”, reflete o namorado da youtuber, e nos convida a ajudá-lo a entender como as imagens de um desconhecido causaram tanto reboliço. “Um beijo pra você, que ficou compartilhando as minhas fotos como se fossem drogas”, brinca Caio, e desliga a câmera, ao som inconfundível da risada de Jout Jout.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO