Placa que recorda vítimas do Charlie Hebdo erra nome de cartunista

Erro foi encontrado na grafia do nome de um dos principais cartunistas do veículo francês

por AFP 05/01/2016 10:59

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Facebook/Reprodução
Depois de descontinuar seus estudos de arquitetura em Paris, Georges Wolinski tornou-se cartunista em 1960 (foto: Facebook/Reprodução)
A placa em memória das vítimas do atentado há um ano da revista Charlie Hebdo, em Paris, inaugurada nesta terça-feira pelo presidente François Hollande, contém um erro ortográfico no nome de um dos falecidos, o chargista Georges Wolinski, constatou a AFP.


Quando foi detectado o erro - Wolinski aparece com um 'y' grego no fim do nome, e não o 'i' latino -, a placa foi imediatamente coberta com um pano negro. A prefeitura de Paris indicou que a empresa que fabricou a placa iria corrigi-la rapidamente de maneira provisória e que fabricará outra nas próximas 48 horas horas.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO