Chico Buarque é xingado por antipetistas em rua do Leblon no Rio de Janeiro

Simpatizante do PT, Chico já participou de várias campanhas do partido, inclusive em 2014, quando gravou um vídeo de apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff

por Agência Estado 23/12/2015 09:11

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Zeca Guimaraes/Divulgacao
Imagem do documentário 'Chico - Artista Brasileiro' (foto: Zeca Guimaraes/Divulgacao)
O jantar mensal do cantor e compositor Chico Buarque com um grupo de amigos terminou de forma inesperada. Por volta da meia-noite de terça-feira (22/12), Chico e os companheiros foram hostilizados por um grupo antipetista, em uma movimentada esquina do Leblon, na zona sul carioca.


"Você é um merda, quero ouvir da sua boca: quem apoia o PT, o que é?", perguntou um dos provocadores. "É petista", respondeu o compositor. "É um merda", interrompeu o rapaz. Vídeos da discussão foram publicados nas redes sociais e replicados durante todo o dia de ontem. Dentre eles estavam o rapper Tulio Dek e, segundo a colunista Heloisa Tolipan, Alvarinho, filho do empresário paulista Álvaro Garnero. Um terceiro jovem se identificou no vídeo como Guilherme Mota. Tulio e Alvarinho tem em comum a amizade com o jogador Ronaldo.


Em determinado momento, o grupo ironizou o fato de Chico ter um apartamento em Paris. "Para quem mora em Paris é fácil", disse um deles. "Você mora em Paris?", retrucou Chico. Simpatizante do PT, Chico já participou de várias campanhas do partido, inclusive em 2014, quando gravou um vídeo de apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

 

Chico saía do restaurante Brigite’s com o cantor, compositor e arranjador Edu Lobo, os cineastas Cacá Diegues, Miguel Faria Jr. e Ruy Solberg e o jornalista e escritor Eric Nepomuceno. Com exceção de Cacá, os artistas se encontram uma vez por mês para jantar.

 

Edu Lobo já tinha ido embora e, enquanto os demais esperavam um táxi, um grupo que saía do restaurante Sushi Leblon começou a gritar "petista", "ladrão", "vai para Paris", "vai para Cuba".

 

Confira: 

 



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO