Após comentários preconceituosos, Miss Porto Rico tem título suspenso

Destiny Velez usou o Twitter para fazer comentários anti-muçulmanos

21/12/2015 18:34

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Getty Images/Divulgação
(foto: Getty Images/Divulgação)
A Miss Porto Rico Destiny Velez, de 20 anos, foi suspensa após fazer comentários anti-muçulmanos no Twitter. A decisão foi tomada pela organização do Miss Puerto Rico e divulgada nesta segunda-feira e não tem previsão de término.

O perfil de Velez na rede social foi apagado, porém muitos internautas registraram o comentário da moça. Em resposta ao cineasta Michael Moore, que usou a mesma rede para divulgar a campanha #WeAreAllMuslim (Somos todos muçulmanos, em português), a modelo acusou os adeptos à religião islâmica de "providenciar petróleo e aterrorizar este país [EUA] e muitos outros".

"Não há comparação entre judeus, cristãos e muçulmanos. Judeus e cristãos não têm aterrorizado agendas em seus livros sagrados", disse Velez. "Tudo que eles [muçulmanos] fazem é construir mesquitas, se sentirem ofendido pelos valores americanos e aterrorizar americanos inocentes e plantar postos de gasolina", completou.

As mensagens continuam ainda, com a modelo afirmando que "os muçulmanos precisam tirar seus guardanapos da cabeça porque eu me sentiria ofendido por eles". Contrariada por muitos usuários, Velez disse que "não acredita em religião" e, por isso, "não pode ser" acusada de islamofobia.

Em resposta aos comentários, muitos porto-riquenhos começeram a espalhar a hashtag #nonosrepresenta (não nos representa) e #verguenzaajena (vergonha alheia), para rebater os comentários da Miss. Por meio do perfil oficial da organização do concurso, Velez pediu desculpas "a qualquer um que tenha se sentido ofendido com minhas palavras".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO