Bill Cosby processa mulheres que o acusam de estupro e abuso sexual

Denunciado move ação contra sete das cerca de 50 pessoas que o apontam como criminoso

por AFP 14/12/2015 19:33

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
O ator americano Bill Cosby, de 78 anos, denunciado por violência sexual por cerca de 50 mulheres, decidiu processar sete delas nesta segunda-feira, por difamação e intenção de prejudicá-lo, informou sua advogada. Um dos atores mais populares da televisão americana, Cosby sempre rejeitou as acusações que pesam contra ele.

Bill Cosby entrou com ação por difamação em um tribunal de Springfield (Massachusetts, nordeste dos EUA) contra Tamara Green, Therese Serignese, Linda Traitz, Louisa Moritz, Barbara Bowman, Joan Tarshis e Angela Leslie, declarou sua advogada Monique Pressley, em um comunicado.
FP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY
Advogada de Cosby fala em ''difamação, interferência criminosa'' por parte das mulheres (foto: FP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY )
Na denúncia, ele acusa de "difamação, interferência criminosa e imposição voluntária de sofrimento emocional", segundo Monique Pressley, que afirma que o ator "nunca drogou, nem agrediu sexualmente" essas sete mulheres.

Segundo sua advogada, essas pessoas "publicaram desde o outono de 2014 várias falsas declarações e acusações" para prejudicar sua reputação e obter um benefício financeiro.

O criador do programa na televisão The Cosby show, que durante muito tempo ostentou a imagem de pai ideal, reivindica uma indenização por danos morais e prejuízos em um montante não revelado. De acordo com sua advogada, trata-se do "máximo permitido por lei".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO