Dois anos depois de ficar em coma, Netinho volta a ser internado

Cantor baiano sofreu tontura e sangramentos no nariz; em 2013, hemorragia e infecção no fígado mantiveram artista por quatro meses no hospital

por Correio Braziliense 01/12/2015 18:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Menos de quatro meses depois da volta aos palcos, o cantor Netinho voltou a ser internado. A notícia foi publicada na página do baiano no Facebook. "A tontura que sinto aumentou novamente, tive sangramentos pelo nariz e precisei parar tudo novamente (...). Apesar de tudo mais ter passado, a tontura não diminuiu, ao contrário, aumentou, e há dois meses não saio de casa, nem trabalho, pois não consigo permanecer por muito tempo em pé", diz o texto.

Acervo pessoal/Reprodução
Via Facebook, Netinho revelou que não saía de casa há dois meses por causa de tonturas (foto: Acervo pessoal/Reprodução)
De acordo com a postagem, o artista está hospitalizado, desde segunda-feira, 30, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para uma investigação dos sintomas.

 

"Sigo, como nos dois anos e meio últimos, sob os cuidados do Dr. Roberto Kalil Filho e sua equipe. Está tudo certo e esta internação é para uma definição desta tontura. Obrigado", escreveu.

Problemas anteriores

Netinho enfrentou uma grave crise de saúde em 2013, quando foi diagnosticado com problemas hepáticos. Inicialmente associado ao uso de anabolizantes, o quadro do cantor também foi resultado de erro médico, segundo o próprio artista.

 

A infecção no fígado chegou a provocar acidentes vasculares cerebrais (AVC), que o deixaram temporariamente inconsciente. Foram três meses de coma induzido no ápice das complicações.

 

Depois de recuperar-se parcialmente, Netinho seguiu com o tratamento, que incluía a amenização de sequelas deixadas pelo AVC.  O músico chegou a retomar a carreira no ano passado, quando lançou o disco Beats, baladas & balanços, mas precisou retornar ao Sírio-Libanês para mais uma etapa do acompanhamento médico. Ele ficou internado por mais seis meses, até janeiro deste ano. Em setembro, uma última cirurgia foi realizada no cérebro do artista, para retirada de uma válvula.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO