Polícia Federal prende responsáveis pelo site Mega Filmes, que deve sair do ar

Operação Barba Negra deteve casal e ouviu outras cinco pessoas suspeitas de envolvimento no gerenciamento do site que pirateava filmes e séries

por Agência Estado 18/11/2015 15:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

O casal suspeito de liderar a administração do site Mega Filmes HD foi preso nesta quarta-feira, 18, no interior de São Paulo. A Polícia Federal de Sorocaba deflagrou operação para desarticular a organização por trás do portal de filmes on-line, apontada como especializada na prática de crimes contra direitos autorais pela internet. Batizada de Barba Negra, a operação cumpriu os dois mandados de prisão temporária e ouviu outras cinco pessoas em condução coercitiva. Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.

Mega Filmes HD/Reprodução
Com 60 milhões de visitas em um semestre, site oferece acervo de 150 mil títulos pirateados (foto: Mega Filmes HD/Reprodução)
O Mega Filmes HD, gerenciado pelo grupo, oferece um acervo de 150 mil filmes, documentários, séries de TV e shows de forma pirata na internet. O site transmite programas antes mesmo das estreias oficiais.

 

Segundo a PF, o portal recebeu 60 milhões de visitas por mês no primeiro semestre deste ano, sendo 85% de brasileiros e 15% de países como Portugal e Japão. Em uma das redes sociais, o site tem mais de 4,5 milhões de seguidores.

A renda era obtida pela publicidade cobrada nas páginas eletrônicas. Foram bloqueadas as contas bancárias de sete suspeitos de gerenciar o site. Os investigados serão indiciados pela prática de crimes de constituição de organização criminosa, com pena de três a oito anos e multa e de violação de direitos autorais com pena de dois a quatro anos e multa.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO