Anna Muylaert pede para as pessoas pararem de punir Cláudio Assis e Lírio Ferreira

Vítima de um momento de machismo dos dois cineastas, a diretora de Que horas ela volta? acredita que eles já foram devidamente punidos

por Diário de Pernambuco 21/09/2015 13:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Facebook
Pedido foi feito pela diretora em postagem pública no Facebook (foto: Reprodução/Facebook)
A cineasta Anna Muylaert disse, em uma postagem pública no Facebook, que "não faz sentido continuar punindo" os diretores Cláudio Assis e Lírio Ferreira por causa da maneira machista como os dois se comportaram diante dela em uma sessão de 'Que horas ela volta?' no Recife em agosto. "Até quando? Espero que todos os interessados naquele debate e em todos os outros debates que dali nasceram levem a discussão para um nivel cada vez mais alto e menos pessoal", escreveu a diretora.

Ela está em Miami, no Brazilian Film Festival, e resolveu manifestar-se após acompanhar as notícias sobre as vaias recebidas sábado por Assis antes da projeção do filme 'Big jato' no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro: "Da minha parte quero dizer que sou contra ataques pessoais a Claudio Assis no momento que esta apresentando sua obra."

Comentários feitos sobre a postagem demonstram que a postura de Anna dividiu opiniões. A atriz Letícia Sabatella, por exemplo, a apoiou: "Abaixo a bode-expiatoragem! O machismo deve ser extinto, não os homens. Este episódio com a Anna revela! Estejamos atentos, iluminando nossas arraigadas sombras a esse respeito."

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO