Izabel e Raul são os grandes finalistas do Masterchef Brasil

Jiang serviu batata queimada e ficou em terceiro. Participante mais popular do programa, ela emocionou o público com história de vida

por Diogo Carvalho 09/09/2015 11:40

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Band/Divulgação
Chinesa cativou o público e os jurados com o jeito calmo (foto: Band/Divulgação)
O que a grande maioria dos telespectadores do 'Masterchef Brasil' temia aconteceu. A chinesa Jiang Pu - candidata mais querida e popular da segunda edição do reality show da Band - se deu mal na penúltima prova do programa e acabou ficando com o terceiro lugar na competição. Assim, na próxima terça-feira (15), a carioca Izabel e o paulista Raul se enfrentam na grande final.

Com 26 anos de idade, Jiang nasceu numa região da China próximo ao Vietnã, e veio para Brasil aos 12 anos de idade. É formada em Estatística pela USP, mas não se sentiu realizada nessa carreira. Contrariando a vontade do pai, "que não considerava ser cozinheira uma profissão", resolveu se inscrever no programa. Aprendeu a cozinhar sozinha, tendo facilidade com ingredientes asiáticos e doces. "Não deu para aprender com minha mãe. Ela não cozinha bem, o que acabou sendo um estímulo. Quando eu reclamava que a comida estava ruim, ela dizia que eu tinha que fazer eu mesma", contou a oriental à apresentadora Ana Paula Padrão.

 

Apaixonada pelo Brasil, ela diz que quer trabalhar e formar uma família aqui. "O Brasil é um país com menos preconceitos. Na China, as mulheres não podem trabalhar", comentou no programa. De fato, é incrível como uma chinesa conquistou tamanho carinho do público brasileiro. A popularidade de Jiang é tanta que nessa semifinal, quase 80% do público conectado nas redes sociais postava a hashtag #ficajiang, em apoio à cozinheira oriental, enquanto os outros 20% ficaram divididos entre Izabel e Raul. Pesquisas da própria Band apontaram que ela era a participante favorita de 60% do público.


Mas o 'Masterchef' não é um reality de popularidade (como o 'Big Brother' ou 'A fazenda'), mas de técnica culinária. E, infelizmente, nossa chinesinha bobeou na apresentação de sua lagosta e ficou com a medalha de bronze na disputa, ganhando um vale-compras mensal de R$ 300 em compras num supermercado durante um ano. Mesmo assim, saiu com um sorriso no rosto. 

"Não estou triste, estou é feliz. Eu não esperava nem entrar no programa. Eu só queria entrar e dar um oi. Era um jeito que eu tinha para mostrar para os meus pais que eu desejo seguir essa carreira. Então, tudo o que aconteceu já é um lucro para mim", comentou em entrevista ao portal da Band. Ela também revelou que no começo ficava um pouco assustada com a abordagem dos fãs. "Não esperava esse carinho. Não conseguia enxergar tanta qualidade em mim quanto as pessoas enxergam (risos). No começo, eu estranhei, mas agora já acostumei e fico feliz. Fico contente que vejam as minhas qualidades e aceitem os meus defeitos", contou, afirmando que sua torcida agora é para o colega Raul.

Band/Divulgação
Izabel e Raul disputam a grande final, ao vivo, no dia 15 de setembro (foto: Band/Divulgação)
Semifinal

Depois de uma emocionante apresentação e belas palavras da apresentadora Ana Paula Padrão e do trio de jurados - Paola Carossela, Henrique Fogaça e Erick Jacquin - sobre a brilhante evolução dos semifinalistas, o episódio começou para valer. Na penúltima prova do Masterchef, os três cozinheiros (agora, já nem tão amadores assim) foram desafiados a preparar receitas com três dos ingredientes favoritos do chef Jacquin: lagosta, vieiras e o exótico peixe-sapo. Por ter o maior saldo de vitórias ao longo desta edição, Raul poderia escolher com que iguaria gostaria de trabalhar. O paulista acabou optando pelas delicadas vieiras. Izabel, em seguida, preferiu arriscar no peixe-sapo, deixando a lagosta para Jiang.

Após as compras no mercado, os participantes foram surpreendidos pela presença de seus familiares - pais, mães e cônjuges - na cozinha do programa, que ficaram torcendo direto do mezanino. Mas emoção deveria ficar de lado, já que eles teriam apenas 60 minutos parar preparar os pratos de suas vidas e garantir a permanência na final do reality. Ao longo do episódio, foram mostradas pequenas (e sensíveis) entrevistas que Ana Paula Padrão fez na casa de cada um dos concorrentes, onde eles abriram o coração e falaram da paixão pela cozinha. 

Mesmo trabalhando com o ingrediente mais estranho, Izabel surpreendeu ao apresentar escalopes do peixe-sapo enrolados em presunto de parma, sobre um coulis de tomate, vinho e creme de leite, com um toque de pimenta rosa. Apesar de apresentar um molho um pouco ácido (ela mesma admitiu que deveria ter reduzido mais o vinho), o prato foi bastante elogiado pelos jurados e acabou dando à carioca a vitória na prova e a vaga na final.

Raul se atrapalhou um pouco na combinação de ingredientes, mas acabou sendo alertado por Jacquin a maneirar. O resultado foi um bifum com abobrinhas e vieiras. A apresentação do prato foi bastante questionada pelos jurados. Mas pelo ponto perfeito das vieiras, o paulista acabou se dando melhor que Jiang. 

A popular chinesinha fez um picadinho com a lagosta e o serviu com palmitos. Até aí tudo bem, mas ela acabou servindo uma cestinha de batata frita queimada como acompanhamento. "A essa altura da competição, ela não poderia ter nos servido isso assim. Ficou ruim? Tirava do prato", comentou a jurada Paola. O chef Erick Jacquin também explicou a Jiang que o excesso de pimentões e a batata queimada acabou roubando o sabor da lagosta, que deveria ter brilhado mais no prato. Para o futuro, Jiang revelou que pretende seguir na gastronomia. "Vou fazer cursos e procurar alguns estágios, mas ainda não tenho nada pronto".

Assim, a participante mais popular desta edição deu adeus ao prêmio de R$ 150 mil, R$ 1 mil de compras mensais em supermercado, um carro zero, um curso na escola Le Cordon Bleu (em Paris) e o troféu de Masterchef Brasil. A final entre Izabel e Raul será transmitida ao vivo, no dia 15, às 22h30, na Band.

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO