Misticismo brasileiro é tema de série que estreia hoje na tv paga

'Santo forte', que vai ao ar pelo AXN, também aborda o dia a dia dos cariocas. O protagonista é Vinícius de Oliveira, o garoto de 'Central do Brasil'

por Carolina Braga 30/08/2015 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AXN/DIVULGAÇÃO
Vinícius de Oliveira faz o papel de João da Cruz Forte, taxista sensitivo que ajuda passageiros (foto: AXN/DIVULGAÇÃO)

Lá se vão 17 anos desde que Vinícius de Oliveira despontou na telona ao lado de Fernanda Montenegro em 'Central do Brasil' (1998), dirigido pelo cineasta Walter Salles. Neste domingo, às 21h, o ator, de 30 anos, estreia como protagonista de 'Santo forte', a primeira série nacional produzida pelo canal AXN. É uma experiência totalmente diferente na carreira do coadjuvante nos filmes Assalto ao Banco Central (2011), dirigido por Marcos Paulo, e Linha de passe (2008), também de Walter Sales.

Escolhido entre 40 atores para o papel de João da Cruz Forte, Vinícius viverá um taxista carioca que tem o corpo fechado. De cada passageiro, ele faz um “raio-x” involuntário e toma para si a obrigação de ajudá-lo a resolver problemas. A trama será contada em 13 episódios de 60 minutos.

O elenco de Santo forte reúne Laila Garin (no papel da mulher do protagonista), Thiago Justino, Cassiano Carneiro, Tamara Taxman, José Araújo, Cacá Ottoni e Davi Maia. Para Vinícius, o desafio de compor João não esteve, propriamente, na carga emocional. Foi de ordem mais prática: “Dirigir táxi”, brinca ele.

A produção busca fugir dos clichês que cercam o Rio de Janeiro, apostando em fotografia mais “quente” e montagem acelerada. “A série tem dramaturgia forte, com elementos brasileiros e uma abordagem da religião”, detalha Roberto d’Avila, diretor-geral do projeto e da Moonshot Pictures.

O objetivo de Roberto é investir em narrativas brasileiras que atendam à expectativa do telespectador habituado ao ritmo das produções norte-americanas. “Não é uma série contemplativa. Ela está muito conectada ao universo do protagonista. João tem a missão de ajudar as pessoas”, completa o diretor.

TREINAMENTO
A produtora Moonshot Pictures é responsável pelas séries Sessão de terapia, Cozinheiros em ação, 9mm: São Paulo e Brazil’s next top model exibidas em canais pagos. “O mercado está evoluindo e quantidade faz a qualidade. Não é um processo mágico, mas de treinamento mesmo”, reforça Roberto. A empresa atua no segmento desde 2001, antes de a chamada Lei da TV Paga entrar em vigor e incentivar o setor.

“Algumas pessoas ainda desconfiam dos produtos feitos em nosso país. Por outro lado, todo mundo quer se ver refletido na tela. O que está quebrando o preconceito é o fato de o personagem brasileiro ser abordado com um código narrativo internacional, em histórias cujo andamento engaja o espectador”, conclui Roberto d’Avila.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO