Freiras negam vender convento a Katy Perry

Intenção da cantora era morar no local com a avó e mãe, mas freiras ficaram incomodadas com os clipes dela

por AFP 22/07/2015 13:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
AFP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY
(foto: AFP PHOTO / TIMOTHY A. CLARY)
Katy Perry, que conquistou milhões de fãs em todo o mundo, não consegue convencer duas freiras a vender seu antigo convento em Los Angeles, onde a estrela do pop americana quer viver.

O complexo, avaliado em 15 milhões de dólares, está situado próximo ao bairro de Silver Lake em Los Angeles, na costa oeste dos Estados Unidos.

Duas das cinco freiras, de 77 e 86 anos, entraram com uma ação questionando a autoridade da arquidiocese para vender a propriedade, conhecida como California Institute of the Sisters of the Most Holy and Immaculate Heart of the Blessed Virgin Mary.

As freiras alegam que a arquidiocese modificou unilateralmente os estatutos do convento, segundo os quais Rita Callanan (77) e Catherine Rose Holzman (86) foram eleitas "como a única autoridade para alterar as regras do convento e vender propriedades do instituto".
 
Perry visitou as freiras, cantou para elas e revelou que espera viver na propriedade com sua mãe e a avó, mas as religiosas se negam a vender o convento.

Callanan disse recentemente ao jornal Los Angeles Times que viu os vídeos de Perry na Internet e que "não ficou feliz com qualquer um deles".

As duas freiras preferem vender a propriedade à restauradora Dana Hollister, mas a arquidiocese afirma que ela dará uma entrada de apenas 44 mil dólares, sem realizar outros pagamentos pelo prazo de três anos.

A arquidiocese esclareceu que as outras três freiras apoiam a venda à Perry. "A arquidiocese está comprometida com o cuidado e o bem-estar" das freiras.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO