Miguel Falabella protesta contra censura ao musical ''Memórias de um gigolô''

Dois atores mirins foram impedidos de atuar na produção

por Diário de Pernambuco 14/07/2015 19:05

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
 
 
O ator Miguel Falabella aproveitou a sessão para convidados do musical Memórias de um gigolô para protestar contra a decisão judicial que proibiu a participação de dois atores mirins na produção. Kaleb Figueiredo e Matheus Braga têm 10 e 13 anos, respectivamente.

 Segundo a equipe da peça, a censura foi justificada pela presença de uma suposta linguagem inadequada utilizada durante a encenação. A medida foi determinada pelo juiz da Infância e Juventude do Tribunal Regional do Trabalho da segunda região, Flávio Bretas.

"Uma das razões alegadas foi de que usava a palavra masturbação no texto, e isso poderia prejudicar o desenvolvimento psíquico dos menores", disse Falabella. "O teatro é, antes de mais nada, o espelho de uma civilização. Se sua intenção era a fama, pois que lhe seja feita a vontade", completou ao se referir ao juiz.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO