Brigitte Bardot escreve carta para gata de estilista contra uso de peles

Texto critica o uso de peles de animais pelo estilista Karl Lagerfeld em suas coleções

por AFP 23/06/2015 17:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Eric Feferberg/ Arquivo/ AFP
Francesa é uma grande defensora dos direitos dos animais (foto: Eric Feferberg/ Arquivo/ AFP)
Paris, França -
A atriz francesa Brigitte Bardot, porta-voz na defesa dos animais, escreveu uma carta para Choupette, a gata do estilista Karl Lagerfeld, pedindo-lhe para "ronronar no ouvido" de seu mestre para que ele abandone o uso de peles em suas coleções.

Enquanto a casa italiana Fendi, da qual Karl Lagerfeld é o diretor criativo, planeja um desfile de "alta fourrure" em 8 de julho em Paris, "BB" se dirige ao amado animal de estimação do estilista nesta carta, cuja cópia foi enviada à AFP por sua fundação.

"Minha doce Choupette, conto com você para ronronar no ouvido de Papa Karl o desespero que todos os seus irmãozinhos peludos sentem quando ele 'promove' de seus cadáveres. Eles que, como você, quer apenas viver, que são inocentes e são condenados à morte para que suas peles sejam usadas para roupas para 'desumanos", escreve a ex-atriz.

"Se você miar sua tristeza ele vai entender a dorá o muito aguardado exemplo. Ele não pode negar-lhe! Eu darei toda a minha gratidão", conclui Brigitte Bardot, de sua casa em La Madrague, no sul da França.

A musa dos anos sessenta já havia escrito uma mensagem semelhante à Choupette, em resposta ao envio de um cheque pelo estilista à Fundação Brigitte Bardot, por ocasião dos 80 anos da estrela em setembro.

Karl Lagerfeld defendeu o uso de peles em suas coleções no festival de Hyères, em abril, dizendo que "as pessoas comem carne e vestem couro, e couro é nada mais do que a pele raspada".

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO