Chico Diaz fala sobre o antagonista de O hipnotizador, nova série da HBO

O ator protagoniza dois filmes previstos para este ano: ''Oração do amor selvagem'' e ''Travessia''

por Correio Braziliense 27/04/2015 15:22

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Magma Filmes/Divulgação
(foto: Magma Filmes/Divulgação)
O ator Chico Diaz, de 56 anos, resume a intensa relação com cinema, tevê e teatro: “Vontade de aprender o possível e o impossível”. O ator, nascido na Cidade do México, transita nos três veículos de comunicação há mais de 30 anos. No ano passado, protagonizou dois filmes: Oração do amor selvagem, de Chico Faganello, e Travessia, de João Gabriel, previstos para este ano. Também para 2015, ele interpreta o antagonista Darek da série O hipnotizador, produção da HBO, com elenco latino-americano.

Com oito capítulos, o seriado, gravado em Montevidéu e inspirado na HQ argentina El hipnotizador, conta com os brasileiros Miguel Lunardi, Bianca Comparato, Juliana Didone, Marisol Ribeiro, Ondina Clais e Rodrigo Garcia, além do protagonista argentino Leonardo Sbaraglia. Os projetos do ator para este ano também contemplam três filmes para este ano, como Fronteiras, em nome da lei, O último animal e Montanha russa.

Entrevista >> Chico Diaz

Você interpreta o antagonista Darek na série O hipnotizador, da HBO. O que te fez dizer sim ao projeto?
 
O hipnotizador é uma adaptação de uma história em quadrinhos e é composto de oito capítulos. Isso já me chamou a atenção. A linguagem e o fato de ser falada nas duas línguas também me pareceram propícios para os dias que correm, onde a integração cultural entre os países se torna fundamental para efetivamente consolidarmos o continente. Poder trabalhar com grandes atores chilenos, argentinos e uruguaios foi interessantíssimo. Fora que o personagem Darek era sensacional e o universo da consciência e inconsciência proposto pelo tema é fascinante. Em certas passagens do roteiro, não se sabe se está sonhando ou sendo sonhado, hipnotizando ou hipnotizado, passado ou futuro, lembranças, recordações ou se é mesmo apenas invenção.

  
Darek simbolizava a força escura, aquela que busca a hipnose no sentido de dominar e manipular a mente das pessoas em um projeto de dominação social. Algo próximo do que vivemos por aí em várias instâncias. Nesse sentido, busca apropriar- se das armas e recursos de seu rival. O hipnotizador entra na mente das pessoas, vasculha, altera, reprograma. Libera ou aprisiona.

Como vê a teledramaturgia nas TVs aberta e por assinatura atualmente?
 
Estamos em um momento fértil pois é um momento de crise, digamos. Existe a busca agora por essa linguagem das séries, de menor duração, com universos e personagens mais nítidos, com estórias e cenários mais ousados, mas que exige uma escrita apropriada para elas. Acho que nunca vi tanta discussão sobre a escrita dramática como agora, o que é muito bom! Teremos belos frutos em um futuro próximo. Já temos ótimas no GNT e Multishow. Junto com isso temos aí ainda as novelas… A comunicação para o grande público entranhada na nossa cultura e história, onde são definidos valores não só estéticos, mas éticos, sociais e humanos, que mudam rapidamente, na tentativa de acompanhar os novos tempos.

Você já atuou em produções pernambucanas, como Amarelo manga, Cachaça e Baile perfumado. Qual sua relação com o cinema de Pernambuco?
 
Sou fã antigo desse pessoal. Acho que aí se faz o melhor cinema do país. Com risco e ousadia, sem perder as referências, dialogam com o Brasil inteiro... Participo do Cine PE e tenho vários amigos que sigo e admiro, como Claudão (Cláudio Assis), Lírio, Paulo (Caldas) e o Hiltinho Lacerda. Espero poder voltar em breve, acho que mereço e tenho direito. (Risos) Mas também há cada ator sensacional lá... Fica difícil. Gostaria muito de filmar O capataz de Salema, do Joaquim Cardoso, por aí. Acho que daria um belíssimo filme. Na sua poética e lirismo além, claro, de homenagear o grande poeta.
 
Números

60
Filmes

30
Trabalhos na tevê

33
Anos de carreira


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO