Manifesto reúne 1 milhão de assinaturas por retorno de apresentador a canal britânico

Afastado do programa 'Top gear' por briga com produtor, Jeremy Clarkson recebeu apoio em abaixo-assinado pela internet

por Fernanda Machado AFP 20/03/2015 19:03

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
REUTERS/Suzanne Plunkett/Files
BBC anunciou suspensão de apresentador e dos três programas que restam da temporada por ''uma briga com um produtor'' que, segundo alguns meios de comunicação, incluiu agressão física (foto: REUTERS/Suzanne Plunkett/Files )
Um milhão de pessoas assinaram nesta sexta-feira um manifesto pedindo o retorno do apresentador Jeremy Clarkson, suspenso pela BBC por brigar com um produtor, último de uma longa série de episódios polêmicos. Clarkson apresenta 'Top gear', o programa de maior audiência da corporação britânica, centrado nos automóveis, no qual nem ele, nem seus companheiros medem as palavras.

No dia 10 de março a BBC anunciou sua suspensão e a dos três programas que restam da temporada por "uma briga com um produtor" que, segundo alguns meios de comunicação, incluiu agressão física. Em seguida começou a circular no site change.org o manifesto "BBC: reinstaurem Clarskon", que defende o direito às brigas.

Um dos signatários explicou que fazia isso porque "o pior diabo é a censura que emana da correção política da qual a BBC se livrou durante muito tempo". Clarkson e o programa foram acusados recentemente de provocação por uma placa na qual os argentinos viram uma alusão à guerra das Malvinas. Já o apresentador denunciou que a caravana da equipe foi violentamente atacada na Patagônia.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO