Elton John boicota Dolce & Gabbana por criticar os bebês de proveta

Estilista da empresa chamou de "crianças sintéticas" os bebês nascidos através de inseminação artificial

por AFP 16/03/2015 10:36

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
MAX NASH / AFP
Elton e seu marido, David Furnish. Juntos eles tem dois filhos concebidos através de inseminação in vitro (foto: MAX NASH / AFP)
O astro pop britânico Elton John convocou um boicote à grife Dolce & Gabbana, neste domingo, depois que um dos estilistas da empresa de moda italiana se posicionou, em uma entrevista, contra os bebês de proveta, classificando-os como crianças "sintéticas".

O cantor e compositor de 67 anos, que tem dois filhos com seu marido David Furnish nascidos por fecundação in vitro, atacou Domenico Dolce por seu "pensamento arcaico".

"Como se atreve a se referir aos meus preciosos filhos como 'sintéticos'", escreveu John no Instagram.

"E deveria ter vergonha de criticar a fecundação in vitro, um milagre que permitiu a legiões de pessoas cheias de amor, heterossexuais e homossexuais, de realizar seu sonho de ter filhos", completou.

"Seu pensamento arcaico não está de acordo com os tempos atuais, assim como sua moda. Jamais voltarei a usar roupas Dolce & Gabbana. #BoycottDolceGabbana", frisou.

Elton John respondeu assim às declarações feitas a uma revista italiana por Dolce, um católico praticante e que, por muitos anos, teve uma relação com seu sócio Steffano Gabbana.

"Você nasce e tem um pai e uma mãe. Ao menos deveria ser assim, por isso, não me convencem as crianças saídas da química, crianças sintéticas, úteros de aluguel, e sêmen escolhido em um catálogo", criticou Dolce.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO