CQC estreia nova temporada nesta segunda com Dan Stulbach no comando

Atração vai ao ar às 22h45 na Band. Stulbach assume vaga deixada por Marcelo Tas em 2014

por Fernanda Guerra 09/03/2015 15:06

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Band/Divulgação
Rafael Cortez, Dan Stulbach e Marco Luque, nova bancada do 'CQC' (foto: Band/Divulgação)
A queda de audiência de programas antigos estimula emissoras da TV aberta no processo de reformulação. Três humorísticos na constante disputa pelo Ibope sofrem mudanças, que vão de elenco a formato: 'Pânico na Band', 'Custe o que custar' (CQC), ambos da Band, e 'Zorra Total', da TV Globo. A repaginação de programas é uma estratégia adotada por canais para reverter a derrocada na popularidade, poder concorrer no cenário acirrado de TV paga, internet e serviços de streaming e não cair na mesmice.

Longevidade, um programa por semana e quadros diversos são alguns elementos que aproximam as três atrações, apesar da distância do estilo de humor. O novo CQC estreia nesta segunda-feira, às 22h45. A ausência de Marcelo Tas, líder da trupe desde o início da atração, em 2008, é o principal desfalque. “Dan Stulbach é a grande mudança. Ele não tem o que falar do passado e do presente (do programa). Ele é nosso futuro”, brinca o humorista Marco Luque, ao interromper a entrevista exclusiva de Stulbach.

Após 17 anos de Globo, Stulbach assinou contrato com a Band em novembro do ano passado. O ator, que até hoje é lembrado pelo personagem Marcos de 'Mulheres apaixonadas' (2003), já teve algumas experiências na função de apresentador, como na temporada de verão do 'Saia Justa' (GNT) e ao substituir Fátima Bernardes no 'Encontro', além do programa de rádio 'Fim de expediente', desde 2008.

A versão brasileira do formato argentino passou por constantes renovações de elenco, como a saída de Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Oscar Filho, Dani Calabresa e Mônica Iozzi. Do elenco original, Luque é o único que ainda permanece. Após dois anos afastado, Rafael Cortez volta à atração, não mais como repórter. Ele assume na bancada o lugar de Dani Calabresa, que também mudou de emissora. Segundo o diretor-geral de conteúdo da Band, Diego Guebel, a mudança no elenco resgatará o espírito crítico do CQC, cuja proposta é abordar jornalismo com humor. Quadros antigos, como o CQteste e Proteste já, permanecem.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO