Menino vai a festa da escola vestido de Christian Grey e causa polêmica

Você deixaria seu filho de 11 anos se vestir como um personagem de 50 tons de cinza? A mãe dele não vê problema nenhum

por Correio Braziliense 06/03/2015 11:20

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Manchester Evening News Syndication/ Reprodução
Escola 'desfez' a fantasia polêmica (foto: Manchester Evening News Syndication/ Reprodução)
Ele colocou um terno cinza brilhante, uma gravata, pegou alguns acessórios e foi à festa do livro, na escola em Manchester, na Inglaterra. Tudo normal se esses objetos não fossem referência ao filme '50 tons de cinza'. Liam Scholes, de 11 anos, se vestiu de Christian Grey, personagem principal da trama, um empresário muito rico com gostos sexuais peculiares.

Depois de identificar o figurino, a escola de Liam ligou para a mãe do menino, Nicola Scholes, dizendo que ele não poderia participar da festa e nem aparecer na foto em grupo vestido daquele jeito. "Eu e a professora concordamos em discordar", disse a mãe, ao noticiário inglês Manchester 'Evening News'. "Uma das professoras foi vestida como Dexter [personagem de um seriado norte-americano], e não vejo por que o sexo é considerado pior que o assassinato", justificou.

De acordo com a mãe, a ideia da fantasia era de Liam e ela incentivou por ser engraçada. Além do terno e dos sapatos que imitavam Grey, o menino levou uma venda e lacres de plástico. "Eram pequenos o suficiente para não dar para fazer nada com eles, pensamos que não haveria problema", comentou.

Em nota oficial, a escola de Liam afirmou que se mantém firme na decisão de "desfazer" a fantasia. "Ele não foi excluído das atividades, apenas a modificamos para que ele pudesse participar do evento com os seus colegas", diz o documento. A nota diz, ainda, que a ação reflete a filosofia da escola em termos de comportamento, bem estar e segurança.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO