Quarta temporada de Revenge sofre para manter o fôlego do seriado

Último episódio atingiu um dos índices mais baixos da história da série nos Estados Unidos, mesmo com anúncio de morte de personagem importante

por Luciana Amaral 12/12/2014 10:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
Elenco da série 'Revenge' (foto: Divulgação)
Foi ao ar, nessa quarta-feira (10/12), o último episódio do midseason norte-americano de 'Revenge'. Esperava-se uma reviravolta na trama, como a morte de alguém - o que, de fato, aconteceu. A morte de um personagem importante da série realmente já estava sendo anunciada pela produção do programa na semana passada para tentar aumentar o buzz em torno do finale do meio da quarta temporada. Mesmo assim, a sensação que 'Revenge' deixa no telespectador é que a vingança buscada por Emily Throne (Emily VanCamp) está amarga de assistir.

O fato se revela nos índices de audiência nos Estados Unidos, onde está com um nível quase tão sofrível quanto de séries que já receberam o anúncio do cancelamento para 2015. Para se ter ideia, quando lançada, 'Revenge' teve boas críticas no meio especializado e ficava na frente dos programas 'CSI' e 'Law and Order' com facilidade - com média de nove milhões de telespectadores por episódio.

O último episódio transmitido foi um dos piores da história da série e contou com 4,6 milhões de fãs, perdendo para um aglomerado de vídeos caseiros engraçados publicados no mesmo dia. Atualmente, 'Revenge' tem a menor audiência dentre os dramas da rede ABC, emissora que a exibe em solo americano.

'Revenge' começou com sucesso em 2011 ao mostrar a história de uma mulher rica na região dos Hampstons, reduto de milionários norte-americanos, que buscava vingança em nome do pai por pensar que este foi preso e morto como bode-expiatório de um ataque terrorista quando ela era criança. Apesar de tramas mal resolvidas durante a segunda e terceira temporadas, a história não havia ficado comprometida. Porém, com a ressuscitação de David Clarke (James Tupper), pai de Emily, no começo da quarta temporada, a série parece ter saído dos trilhos de vez.

Personagens secundários da quarta temporada não têm mais a força e o carisma dos de anteriores, as próprias atuações dos protagonistas parecem que se tornaram robóticas e até a sempre cruel Victoria Grayson (Madeleine Stowe), "guilty pleasure" dos fãs, está dando sinais de arrependimento por tudo o que fez de errado na vida.

A atriz Emily VanCamp, intérprete de Emily Thorne, chegou a declarar em entrevista para a revista TVGuide, em setembro deste ano, que o episódio final da temporada passada é seu favorito e que era perfeito para encerrar a série. "Teria sido um excelente finale. Porque era o que a Emily queria, ela conseguiu finalizar. Essa temporada está sendo difícil de desenvolver. Em que estado ela [a persongem] está agora?", comentou.

Ainda não se sabe se 'Revenge' vai ser cancelada de fato. Por enquanto, ela escapou da degola geral realizada no início de novembro. Agora, basta aos fãs aguardarem o retorno de Revenge no ano que vem com a continuação da quarta temporada, ainda sem data de recomeço no Sony Brasil.

Quem morreu, afinal? Cuidado: spoilers!

No episódio 'Atonement', transmitido nesta quarta no Brasil, o herdeiro primogênito dos Grayson, Daniel (Josh Bowman), se questiona sobre o papel que deve exercer no mundo, especialmente depois de descobrir que a namorada Margaux (Karine Vanasse) está grávida. Ele relembra conversas e situações que viveu com o pai Conrad, que volta em flashbacks, e decide não ser igual a este: um homem preocupado somente com status e fortuna.

Daniel então recebe uma ligação de Margaux, com a qual estava brigado, faz as pazes e sai para encontrá-la. Quando passa pela mansão em que morava, vê Emily machucada ao brigar com um desafeto, Kate (Courtney Ford), e procura socorrê-la. Emily manda ele ir embora, que desobedece e então é morto a tiros ao levar a bala que Kate atira para a rival, falecendo nos braços da ex-mulher. Assim, na trama, Daniel morreu provando ser melhor que o pai e fazendo com que todos os protagonistas se sintam culpados pelas vinganças pessoais perseguidas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO