Nicki Minaj se desculpa por suposta referência ao nazismo no vídeo 'Only'

O vídeo é uma animação que representa a cantora em cenários parecidos com os da Alemanha nazista

por AFP 12/11/2014 10:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação/Facebook
Cantora foi alvo de críticas por parte de associação judaica (foto: Divulgação/Facebook)
Nova York -
A rapper Nicki Minaj se desculpou e negou, nesta terça-feira, ter qualquer simpatia pelos nazistas, após ter sido criticada por usar referências parecidas às do Terceiro Reich em seu vídeo 'Only'.

O vídeo é uma animação que representa a cantora de 31 anos em um trono num edifício greco-romano, com bandeiras vermelhas e brancas parecidas às da Alemanha nazista, com um símbolo de 'Minaj' no lugar da suástica. Tanques e tropas firmes e atentas lembram os comícios de Adolf Hitler.

Minaj, considerada melhor artista de hip-hop nos Prêmios MTV europeus celebrados no último domingo em Glasgow, na Escócia, disse que a inspiração do vídeo foi a série de caricaturas 'Metalocalypse'.

"Sinto muito e assumo a responsabilidade completa se isso ofendeu alguém. Eu não aprovo o nazismo na minha arte", escreveu a cantora em sua página do Twitter.

A Liga Anti-difamação, que combate o antissemitismo, considerou o vídeo "profundamente perturbador" e ressaltou que foi publicado na data do Kristallnacht, noite de 1938 quando judeus foram atacados na Alemanha e na Áustria.

"Este vídeo é insensível com os sobreviventes do Holocausto e banaliza a história dessa época", expressou o diretor nacional do grupo, Abraham Foxman.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO