Atriz Lena Dunham é acusada de molestar a própria irmã

Denúncia de parte da imprensa conservadora dos EUA se baseia em depoimentos de livro autobiográfico lançado pela protagonista da séria 'Girls'

por AFP - Agence France-Presse 05/11/2014 09:31

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Frederick M. Brown/AFP
"As notícias da imprensa de direita de que molestei minha pequena irmã não são apenas ridículas - são realmente terríveis e repugnantes", respondeu a artista (foto: Frederick M. Brown/AFP)
A atriz e cineasta americana Lena Dunham foi acusada por parte da imprensa conservadora dos Estados Unidos de abusar sexualmente de sua irmã, em uma denúncia baseada em trechos de sua autobiografia e rejeitada energicamente pela autora de 'Girls'.

"As notícias da imprensa de direita de que molestei minha pequena irmã não são apenas ridículas - são realmente terríveis e repugnantes", respondeu Dunham no Twitter, após dois jornais citarem trechos de 'Not that kind of girl', no qual Lena conta passagens íntimas envolvendo sua irmã Grace.

Na autobiografia, Dunham lembra que quando pequena oferecia "três balas" à irmã para "beijá-la na boca durante cinco segundos" e como, certa vez, quando Grace tinha um ano, inspecionou sua vagina.

Para as revistas National Review e Truth Revolt, duas publicações conservadoras dos Estados Unidos, estas confissões são provas de que Dunham abusou sexualmente da irmã.

A atriz, diretora, roteirista e produtora de 28 anos recebeu um adiantamento de 3,5 milhões de dólares por seu livro, onde se expõe com a mesma falta de pudor que na série 'Girls', que criou e faz o papel de Hannah para contar a vida de quatro amigas no Brooklyn.

Desde sua aparição no canal HBO, em abril de 2012, 'Girls' já conquistou dois Globos de Ouro - melhor atriz e melhor série - e um prêmio Emmy para melhor elenco de comédia.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO