Protagonista da série 'Constantine' fala sobre 'Hellblazer', fé e futebol

Ator Matt Ryan falou em entrevista sobre os desafios de dar vida ao detetive das HQs. Seriado estreia no Brasil na próxima sexta-feira

por Raquel Lima 03/11/2014 10:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
NBC/Divulgação
Série estreia sexta-feira no canal Space (foto: NBC/Divulgação)
Atlanta (EUA) - No que depender do ator Matt Ryan, a adaptação da HQ 'Hellblazer' para a TV despertará reação bem diferente da chegada do protagonista, John Constantine, ao cinemas, em 2005. Keanu Reeves ('Matrix') não convenceu os fanáticos leitores dos quadrinhos da DC Comics/Vertigo como o exorcista língua-ferina, detetive do oculto, superfumante, ilusionista, bissexual.

A versão de Matt Ryan para o mesmo Constantine, exibida no Brasil a partir da próxima sexta-feira, às 21h30, pelo canal Space, está sendo festejada pela audiência norte-americana, que viu o piloto há uma semana. Não apenas por Matt ser fisicamente parecido com John, mas por ter encarnado a persona do anti-herói-que-salva-a-humanidade-apenas-porque-não-consegue-evitar como se fosse sua versão de carne e osso. Em conversa com oito sete veículos latinos, no set em Atlanta, o ator contou como a intimidade com as HQs o ajudou. Fé e futebol também entraram no papo.

Entrevista >> Matt Ryan

Você acredita, como Constantine, que há mundos além do nosso?
Ah, pergunta escorregadia. Acredito que haja algo mais do que conseguimos ver. Basta pensar nas telecomunicações. Elas existem, são reais, e não podemos vê-las. Então, devem haver outras forças em ação que não conhecemos ou podemos ver. Em demônios, propriamente, não sei se acredito.

Como se preparou para dar vida a um personagem tão conhecido?
Mergulhei nos quadrinhos, moça. É muito bom interpretar um personagem que tem tanto material... 'Hellblazer' existe há décadas. Sempre recorro aos quadrinhos, mesmo estando tão ocupado. E ainda tenho muito o que ler.

Os fãs esperam um Constantine hardcore, mas o restante da audiência está preparada para ele?
Os mais atormentados são os melhores papéis para interpretar. Amamos odiá-los, não é? Como em 'Breaking bad'. Quero que os fãs adorem. Eles são os que conhecem toda a história, mas, ao mesmo tempo, tenho de fazer a minha parte, sabe? Tenho que curtir essa jornada maluca em que estou. Tenho de me doar para John, mas John tem de se doar para mim.

É possível ressaltar algo em comum entre Matt e John?
Ambos gostamos de rir. John tenta não se chocar com o que vê. E eu, quando não estou sendo atacado por nenhum demônio, adoro rir. Não tenho muito a coisa dark, a não ser depois de um dia muito longo no estúdio...

A TV é entretenimento para muitos. Qual o seu entretenimento favorito?
O futebol.

E o melhor jogador do mundo seria...
Messi e Cristiano Ronaldo, claro. Ronaldo é provavelmente meu preferido por ter jogado no Manchester United. E fez mais gols no ano passado. Então…

Biografia

Matthew Darren Evans nasceu em 11 de abril de 1981, no País de Gales. O primeiro papel na TV foi em 2001 , na série 'Nuts and bolts'. Um ano depois estreou no cinema com 'Meu nome é Jim Kane'. Matt Ryan não esconde a preferência pelos palcos: “Adoraria ter tempo para teatro. É a minha primeira paixão, mas com essa agenda, não dá para pensar”. A estreia, ainda criança, foi em versão de 'Les Misérables', na Broadway londrina, a West End.

O ator integrou o elenco de outras séries, como 'The Tudors' e 'Criminal minds'. Matt também não é novato no mundo geek, do qual Constantine faz parte, já emprestou a voz ao game 'Assassin's Creed 4'.

>> A editora-assistente viajou a atlanta a convite da Turner

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO