Famosos candidatos vão do fracasso nas eleições até o milhão de votos

Maioria das celebridades não conseguiu a eleição. Exceções ficam com casos como Romário e Tiririca, sucesso de votos

por Fernanda Machado 06/10/2014 12:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Divulgação
O ex-BBB Diego Alemão, o humorista Marquito e o médico e apresentador D. Rey estão entre as candidaturas fracassadas nessa eleição (foto: Divulgação)
A mísitica da política brasileira de que "qualquer um pode se eleger sendo famoso" foi por água abaixo nessa eleição, pelo menos é o que mostram os resultados de celebridades que saíram candidatas a cargos públicos no pleito do último domingo. A grande maioria não conseguiu se eleger, e teve até quem não passou nem dos mil votos.

A lista é extensa. São atores, cantores, humoristas, esportistas, ex-participantes de reality show e até ator pornô na disputa. Rio de Janeiro e São Paulo concentram a maioria desses candidatos. Na capital fluminense, decepção para Aguináldo Timotheo e os ex-BBBs Diego Alemão e Cida. A vencedora da quarta edição do reality amarga ainda a última posição entre os artistas, com inexpressivos 167 votos.

Por outro lado, no Rio, duas figuras já conhecidas do eleitorado se reafirmaram. Jean Willys e Romário foram eleitos. Wyllys teve quase 150 mil votos e foi eleito deputado federal. Já romário conseguiu mais de 4 milhões de votos e é o mais novo senador carioca.

Em São Paulo a disputa nao ficou por menos. Kid Bengala, Marquito, Frank Aguiar, Léo Áquila e Dr. Rey são alguns dos nomes disponíveis para o eleitorado paulista. Nenhum foi eleito. Já o humorista Tiririca teve um ótimo aproveitamento nas urnas pela segunda eleição consecutiva. Tiririca obteve pouco mais de 1 milhão de votos e ficou em segundo lugar na disputa para deputado federal.

Pelo Brasil outros artistas se candidataram. No Rio grande do Sul Ricardo Macchi, o Cigano Igor, se candidatou a deputado federal e perdeu. Em goiás o jornalista Jorge Kajuru e o músico José Rico, da dupla Milionário e José Rico também tentaram uma vaga na Câmara dos deputados. Perderam. No Distrito federal, a CM Bandida se candidatou a deputada distrital. Perdeu. Aqui em Minas Gerais o ex-capitão da seleção brasileira de vôlei, Giovane Gavio, tentou uma vaga para deputado federal sem sucesso.

Minas Gerais

Além de Giovane Gavio, outras subcelebridades mais conhecidas do público mineiro se candidataram a cargos públicos nesta eleição. Jose Robson Batista de Oliveira, o Ronaldinho Cover tentou vaga para a Câmara dos deputados. Ficou com 0,4% dos votos e não foi eleito. Já para o legislativo municipal, quem concorreu a uma vaga foi Flavia Adriana Ferreira de Azevedo, a "DeleGata". Flavia ficou conhecida entre os belo-horizontinos no final do ano passado depois de espalhar faixas pela cidade à procura de um companheiro. A Delegata teve 0,1% dos votos.


Confira a lista com alguns candidatos famosos:


Rio de Janeiro

Romário, senador eleito - 4.683.963 votos (63,43%)

Jean Wyllys, deputado federal eleito - 144.770 votos (1,90%)

Bebeto, deputado estadual eleito - 61.082 votos (0,79%)

Stepan Nercessian, candidato a deputado federal - 24.330 votos (0,32%)

Aguinado Timotheo, candidato a deputado federal - 18.839 votos (0,25%)

Myrian Rios, candidata a deputado estadual - 16.472 votos (0,21%)

Diego Alemão, candidato a deputado federal - 4.947 votos (0,06%)

Cida Santos, candidata a deputada federal - 167 votos (0,01%)


São Paulo

Tiririca, deputado federal eleito - 1.016.796 votos (4,84%)
 
Marcelinho Carioca, candidato a deputado estadual - 43.694 votos (0,21%)

Léo Aquila, candidato a deputado federal - 29.695 votos (0,14%)
 
Frank Aguiar, candidato a deputado federal - 26.013 votos (0,12%)
 
Dr. Rey, candidato a deputado federal - 21.371 votos (0,10%)
 
Marquito, candidato a deputado estadual - 15.703 votos (0,08%)
 
Leandro KLB, candidato a deputado estadual - 11.279 votos (0,06%)
 
Sula Miranda, candidata a deputado federal - 3.795 votos (0,02%)

Maria Melilo, candidata a deputada estadual - 3.199 votos (0,02%)

Marcos Oliver, candidato a deputado federal - 1.517 votos (0,01%)

Kid Bengala, candidato a deputado estadual - 1.106 votos (0,01%)


Rio Grande do Sul

Ricardo Macchi, candidato a deputado federal - 2.652 votos (0,04%)


Goiás

Jorge Kajuru, candidato a deputado federal - 106.291 votos - (3,5%)

José Rico, candidato a deputado federal - 26.086 votos (0,86%)


Distrito Federal


MC Bandida, candidata a deputada distrital - 237 votos (0,02%)


Minas Gerais


Giovane Gavio do vôlei, candidato a deputado federal - 36.008 votos (0,36%)

Ronaldinho Cover, candidato a deputado federal - 4.094 votos (0,04%)

DeleGata, candidata a deputada estadual - 566 votos (0,01%)

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO