Hacker que divulgou fotos nuas de Jennifer Lawrence pode vazar mais imagens; Rihanna e Avril Lavigne estão entre possíveis vítimas

Lista de celebridades divulgada em fórum inclui nomes de vítimas assumidas do hacker e outras celebridades, que ainda podem ter imagens pessoais publicadas

por Fernanda Machado 01/09/2014 09:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Mike Coppola/Getty Images/AFP
Jennifer Lawrence não se pronunciou diretamente sobre o assunto, mas seu agente afirma que divulgação de fotos íntimas da atriz de 'Jogos vorazes' é ''uma flagrante violação de privacidade'' (foto: Mike Coppola/Getty Images/AFP)
O vazamento de fotos que mostram estrelas nuas, como as da atriz Jennifer Lawrence, pode continuar nesta segunda-feira, 1º, de acordo com usuários dos sites onde as imagens começaram a ser postadas na manhã do último domingo, 31. Uma lista postada por um internauta no fórum 'random' do site 4Chan relaciona dezenas de mulheres que supostamente teriam sido afetadas pelo mesmo hacker.

 

Em meio às mencionadas estão Lawrence e Mary Elizabeth Winstead, atrizes que já confirmaram a autenticidade das imagens em que aparecem nuas. Os nomes das vítimas em potencial foram publicados na tarde de domingo, ao mesmo tempo em que as primeiras fotos eram compartilhadas na mesma página (clique aqui para visualizar a lista). Entre as estrelas citadas na lista que ainda não tiveram imagens reveladas estão as cantoras Rihanna e Avril Lavigne, a estilista Mary-Kate Olsen, as atrizes Winona Ryder e Hayden Panettiere e as modelos Cara Delevingne e Candice Swanepoel.

 

Ainda no 4Chan, um internauta que se apresenta como o responsável pela publicação das imagens afirma que vai continuar com os vazamentos nesta segunda-feira. O usuário conta ter recebido pagamentos online para disponibilizar as imagens e  alega que conseguiu os arquivos em negociações privadas entre sexta-feira e sábado.

 

No fórum Reddit, em um tópico dedicado exclusivamente à divulgação das fotos, uma mensagem da moderação alerta: "não poste qualquer informação, verdadeira ou falsa, sobre a identidade da(s) pessoa(s) vazando estas fotografias e vídeos". Os arquivos continuam disponíveis no site, em links constantemente renovados por seus usuários.

 

Instagram/Reprodução
Rihanna está entre as dezenas de celebridades relacionadas em lista de supostas 'próximas vítimas' (foto: Instagram/Reprodução)
Repercussão

O agente de Jennifer Lawrence, vencedora do Oscar de melhor atriz por 'O lado bom da vida', ameaçou iniciar ações legais após a divulgação das imagens. "Esta é uma flagrante violação de privacidade. Contactamos as autoridades e perseguirão qualquer um que publique as fotos roubadas", disse o representante da estrela de 'Jogos vorazes' em nota divulgada à imprensa. 

 

A Apple investiga se o acesso ilegal às fotos pessoais das celebridades aconteceu através de falha nas contas de armazenamento de dados na nuvem iCloud — possibilidade apontada pelo site Mashable e outras fontes. No domingo à noite, o Twitter começou a suspender as contas que publicaram as fotos de Lawrence, informou o Mashable. A cantora Victoria Justice negou que as imagens vinculadas a seu nome sejam autênticas, assim como um porta-voz da cantora Ariana Grande, que afirmou ao site BuzzFeed que as fotografias atribuídas à jovem eram "completamente falsas".

Já a atriz Mary Elizabeth Winstead, de 'Grindhouse' e 'O chamado 2', reconheceu a frustração com o vazamento de fotos íntimas. "Para aqueles de vocês que estão olhando as fotos que fiz com meu marido há alguns anos na privacidade de nosso lar, espero que estejam bem com vocês mesmos", escreveu no Twitter. "Sabendo que estas fotos foram apagadas há muito tempo, só posso imaginar o esforço assustador para isto. Me sinto mal por todos que foram hackeados", completou.

AFP PHOTO / TIZIANA FABI
Scarlett Johansson foi vítima de hacker que invadiu contas pessoais de pelo menos 50 pessoas (foto: AFP PHOTO / TIZIANA FABI )
Caso anterior

Em dezembro de 2012, o hacker Christopher Chaney foi condenado pela Justiça dos EUA a 10 anos de prisão por ter invadido as contas de email de mais de 50 pessoas envolvidas no mundo do entretenimento. O homem foi responsável pela divulgação de fotos íntimas de Scarlett Johansson e Christina Aguilera, entre outras estrelas. "A sensação de segurança nunca poderá ser recuperada e não há o que possa compensar o sentimento provocado por uma invasão de privacidade tão grande", afirmou Aguilera à época em que teve suas imagens nuas publicadas na internet.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO