Nova série 'Animal' traz doença estranha na trama

João Paulo Gil (Edson Celulari) é diagnosticado com teriantropia, que faz com que ele pense ser um puma

06/08/2014 10:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Foto: GNT/Divulgação
Edson Celulari será o protagonista da série de TV Animal, cuja estreia é nesta quarta-feira (foto: Foto: GNT/Divulgação)
Criado pelo diretor Paulo Nascimento, a série Animal, protagonizada por Edson Celulari e Cristiana Oliveira, estreia hoje, às 23h, no GNT. A trama, gravada em Minas de Camaquã, um distrito de Caçapava do Sul (RS), trata de um assunto novo: a teriantropia. O protagonista, João Paulo Gil (Edson Celulari), tem uma doença que faz com que ele pense ser um puma. Com o objetivo de conquistar a cura para o mal, o biólogo Gil retorna à cidade natal, a fictícia Monte Alegre, em busca de entender a patologia. Lá, ele conhece a delegada Mariana Gomes (Cristiana Oliveira) e conta com ajuda de Jaques (Nelson Diniz) e de Lia (Fernanda Moro). Eles tentam desvendar os mistérios da teriantropia e os acontecimentos estranhos do local. "É uma cidade maluca, cheia de surpresas. Gil acaba se envolvendo com essas questões. Por sofrer de teriantropia, ele tem o estímulo de alguns sentidos, como o olfato, a visão e a audição, que o ajudam a solucionar alguns casos que vão acontecendo em Monte Alegre", explica Edson Celulari. A prefeita (e ex-delegada), interpretada por Cristiana Oliveira, também tem forte envolvimento na trama. "Ela participa de todas as investigações ao lado de Gil e abre as portas para que ele conheça as pessoas na cidade. É uma história com muito suspense e cenas de ação", adianta Cristina, cuja personagem vai viver uma espécie de romance proibido com João Paulo Gil.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO