Brad Pitt chama de ''exibicionista'' homem que o atacou na estreia de 'Malévola'

Assediado por ucraniano durante sessão de autógrafos, Brad entrou para lista de vítimas do agressor, que inclui Adele, Leonardo DiCaprio, Madonna e Will Smith

por AFP Fernanda Machado 03/06/2014 15:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Kevin Winter/Getty Images/AFP
''Olhei para baixo e o louco estava tentando colocar o rosto entre minha pernas'', contou ator (foto: Kevin Winter/Getty Images/AFP)
Brad Pitt chamou de "exibicionista" o ucraniano que o atacou no tapete vermelho da première do filme 'Malévola' na semana passada. Em comunicado enviado à revista People, o ator contou como Vitali Sediuk, de 25 anos, avançou em sua direção e tentou colocar o rosto entre suas pernas no momento em que distribuía autógrafos na première do novo filme de sua esposa, Angelina Jolie.

"Estava no final da fila distribuindo autógrafos quando, de canto de olho, vi uma pessoa avançar a barreira em minha direção. Dei um passo para trás. Olhei para baixo e o louco estava tentando colocar o rosto entre as minhas pernas, então bati duas vezes na sua nuca — não muito forte, mas o suficiente para chamar a sua atenção", disse Brad.

"Não me importo com exibicionistas, mas se este cara continuasse ali ele estragaria a noite de muitos fãs que aguardavam por um autógrafo ou uma selfie, já que deixaria as pessoas mais cautelosas em se aproximarem da multidão", completou.

Após ser acusado pela justiça pelo incidente em Los Angeles, o homem foi condenado a três anos de liberdade condicional e a 20 dias de trabalho comunitário. A justiça também decretou que Vitali inicie um tratamento psicológico e que se mantenha a pelo menos 460 metros de distância de Pitt e Angelina Jolie.
Facebook/Reprodução
Vitalii Sediuk, de 25 anos, é o ucraniano responsável pelo assédio a Pitt e outras celebridades; ele já entregou a Madonna um buquê das flores que a cantora odeia, beijou Will Smith em uma premiére e, mais recentemente, espiou por baixo do vestido de America Ferrera em Cannes (foto: Facebook/Reprodução)
Também deverá ficar longe de qualquer estreia cinematográfica ou evento relacionado. Há algumas semanas, no tapete vermelho de Cannes, Sediuk deslizou sob o vestido da atriz americana America Ferrera. Na última edição dos prêmios Grammy ele conseguiu subir ao palco após a cantora Jennifer Lopez anunciar um prêmio para a cantora britânica Adele. Will Smith, Leonardo DiCaprio e Madonna também foram suas vítimas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO