Estreia nesta segunda a nova novela da Globo, 'Geração Brasil'

Trama quer repetir sucesso de 'Cheias de Chame', dos mesmos autores da estreante

por Fernanda Guerra 05/05/2014 10:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
TV Globo/Divulgação
Johnny Hooker, Julia Konrad, Samuel Vieira e Chandelly Braz formam o núcleo de atores pernambucanos (foto: TV Globo/Divulgação)
Da Califórnia, nos Estados Unidos, ao Rio de Janeiro, com passagem pelo Recife. A novela 'Geração Brasil' estreia nesta segunda-feira, às 19h, na TV Globo, com elenco de peso e alguns cenários fora do Projac, abordagem tecnológica e até aparição do presidente Barack Obama. O folhetim hi-tech pretende aumentar a audiência despencada em 'Além do horizonte' na faixa e repetir o sucesso de 'Cheias de charme' (2012). De quebra, ressaltar o polo tecnológico do Recife.

Escrita pelos mesmos autores da novela das empreguetes, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, a trama é dirigida por Denise Saraceni e Maria de Médicis. Atores consagrados, como Lázaro Ramos, Murilo Benício, Luiz Carlos Vasconcelos e Renata Sorrah, estão entre os destaques. Além deles, o núcleo de pernambucanos também é forte. A atriz recifense Chandelly Braz é uma das protagonistas da novela. Manu é engenheira da computação, nascida no interior de Pernambuco e uma das melhores programadoras do Brasil. Ela terá um romance com o ator Humberto Carrão, seu namorado na vida real.

Além dela, Julia Konrad (Janaína), Johnny Hooker (Thales) e Samuel Vieira (Igor) incorporam o time de conterrâneos que vão expandir o sotaque nordestino para a telinha. “Fui surpreendido da melhor das maneiras possíveis. Chandelly é uma menina de ouro, Samuel é extremamente doce e divertido, e Julia é um fenômeno, né?”, elogia Johnny, cantor e compositor pernambucano, os colegas conterrâneos. A julgar pelas chamadas da novela, ela segue a linha moderna.

“A trama tem muita comicidade. Tem uma parte muito importante que é o núcleo de Pernambuco. A parte é mais séria, com drama. Dá um contrapeso para a trama”, avalia o ator Samuel Vieira.

'Geração Brasil' repete alguns atores do elenco de 'Cheias de Charme', como a talentosa Claudia Abreu, que encarna mais um papel cômico - a atriz norte-americana Pamela Parker -, o ator Ricardo Tozzi e a atriz Isabelle Drummond. Pamela é casada com Jonas Marra, papel de Murilo Benício. Assim como em 'Cheias de charme', a personagem da atriz terá envolvimento com o personagem de Ricardo Tozzi.

Bastidores

Do cômico ao drama
Após participações em 'Da cor do pecado' e 'Passione', o ator e baixista Samuel Vieira (ex-Mombojó) terá mais projeção. Ele vive Igor, que perdeu a mãe muito cedo e, desde então, tornou-se antissocial. A conexão com o mundo é através da música. Ele é irmão de Manu e filho de Fred (Luiz Carlos Vasconcelos). Será diagnosticado bipolar.

Estreantes
Thales, personagem do cantor e compositor Johnny Hooker, é o melhor amigo de Manu. “Ele é o cara que mantém a união e positividade quando tudo parece dar errado”, resume. Será a primeira novela do artista, que já participou de filmes como 'Tatuagem'. Outra revelação é Julia Konrad, que vive a vocalista da banda e namorada do bipolar Igor.

Navegabeat
Jana, Igor e Thales formam a banda Navegabeat. O som das músicas - uma delas, inédita - foi feito por DJ Dolores. Uma das versões é 'Para um amor no Recife', de Paulinho da Viola. Também na trilha sonora, 'Mon amour, meu bem, ma femme', de Reginaldo Rossi, cantada por Fernanda Takai, e 'Alma sebosa', de Johnny Hooker.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO