Preso há um mês em Dubai por insultar o islã, baterista do Scorpions pode ser liberado em breve

Norte-americano James Kottak teria ofendido passageiros paquistaneses em aeroporto

por AFP Fernanda Machado 30/04/2014 20:01

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
JOSEPH EID / AFP
(foto: JOSEPH EID / AFP)
O baterista do grupo de rock alemão Scorpions, o americano James Kottak, está detido há um mês em Dubai por "insulto ao islã", informou a imprensa local. Na terça-feira, um tribunal condenou a Kottak a um mês de detenção por "insulto ao islã", depois de ter ofendido passageiros paquistaneses no aeroporto, segundo a imprensa.

Kottak será liberado em breve, depois de cumprir a totalidade da pena. Os insultos aconteceram no aeroporto de Dubai em 3 de abril, quando James Kottak, ao que parece embriagado, se negou a subir em um avião ao lado de passageiros paquistaneses e afegãos, tapando o nariz como em um gesto para evitar o odor, afirma o jornal Gulf News.

Em seguida, Kottak começou a insultar os passageiros, que chamou de "muçulmanos não educados", destaca o jornal The National. No julgamento, Kottak admitiu que estava embriagado, mas negou ter insultado os passageiros.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO