Kurt Cobain chama Courtney Love de vadia oportunista em bilhete encontrado após suicídio

Trecho divulgado nesta carta não foi revelado pela polícia na época da morte do cantor

30/04/2014 15:24

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Divulgação
(foto: Divulgação)
A reabertura do caso da morte de Kurt Cobain pela polícia de Seattle não revelou grandes novidades em relação ao que havia sido divulgado na época. Assim como em 1994, os oficiais concluíram que o vocalista do Nirvana realmente cometeu suicídio com um tiro na cabeça, após injetar uma dose de heroína. O que surgiu de novo, de fato, foram algumas fotos e um bilhete ofensivo à mulher do músico, divulgado nesta quarta-feira pela emissora de TV CBS.

 

No bilhete, escrito em um papel timbrado do hotel Phoenix, localizado em San Francisco, o cantor ironiza seu casamento com Courtney Love, e afirma que a esposa é uma 'vadia com espinhas'. “Você, Kurt Cobain, aceita Courtney Michelle Love como sua leal e esfarrapada esposa. Mesmo quando ela for uma vadia com espinhas, sugando todo o seu dinheiro para drogas e putaria", escreveu o cantor.

Reprodução
(foto: Reprodução)


O depoimento mostra uma posição bem diferente da relatada em sua carta de suicídio, na qual Courtney é descrita como “uma deusa, que transpira ambição e empatia”.


Para os investigadores, a polícia teve uma posição acertada em não revelar o bilhete na época da morte de Kurt, já que o conteúdo poderia criar uma série de interpretações incorretas sobre o caso.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO