Na data em que completaria 73 anos, Mussum se mostra imortalizado na cultura brasileira

Mesmo duas décadas depois de seu falecimento, personagem do Trapalhões continua muito popular, graças à internet

por Fernanda Machado 07/04/2014 18:30

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução
Mussum foi sambista e humorista (foto: Reprodução)
Em 7 de abril de 1941, nascia no Rio de Janeiro Antônio Carlos Bernardes Gomes, que ficaria imortalizado na cultura brasileira como o personagem Mussum, dos Trapalhões. Mesmo 20 anos depois de sua morte e do fim do seriado da TV, a popularidade dele segue em alta,mesmo entre aqueles que nem chegaram a acompanhar a trajetória do humorista na TV, graças à internet.

O comportamento irreverente e politicamente incorreto de Mussum continuam fazendo sucesso e provocando risadas até hoje. Quem não era nascido ou não se lembra de ter assistido a 'Os Trapalhões' 'na TV, certamente já se deparou com algum vídeo compartilhado do Youtube em que ele aparece se metendo em confusão para conseguir beber um “mé” - apelido que ele dava à cachaça – sem pagar. O episódio em que ele e Tião Macalé tentam “armar uma pindureta”, por exemplo, já atingiu mais de três milhões de visualizações no site.

O jeito de falar, terminando todas as palavras com a letra 's', se tornou marca registrada do personagem, assim como a expressões 'cacilds' e 'forévis'. Até hoje elas aparecem em memes e outras sátiras que circulam nas redes sociais. Em algumas delas, são feitas montagens com celebridades e personalidades, que ganham o rosto de Mussum. Uma das mais populares foi com o presidente norte-americano, Barrack Obama. O meme 'Obamis' virou até estampa de camisa.

Confira outras sátiras com Mussum

Mussum acabou eternizado até mesmo em forma de cerveja. Em 2013, a cervejaria Dourtmund, de Serra Negra, São Paulo, lançou a Birits, uma vienna lager especial em homenagem ao artista. Entre os responsáveis pela bebida está Sandro Gomes, um dos filhos do comediante.

Além de humorista, Mussum também era sambista. Ele fez parte do grupo Originais do Samba, tocando reco-reco. Antônio Carlos Bernardes Gomes faleceu em julho de 1994, em decorrência de problemas cardíacos.

Relembre alguns momentos de Mussum nos Trapalhões:




VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO