Paulo Vilhena comemora performances no cinema e na TV

Ator está no ar na minissérie 'Teia' e nas telonas com o longa 'Entre nós', que estreia nesta quinta-feira

por Helvécio Carlos 27/03/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Túlio Santos/EM/D.A Press
(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
Aos 35 anos e 16 de carreira, com dezenas de trabalhos na televisão, cinema e no teatro, Paulo Vilhena não tem a menor dúvida: está na melhor fase de sua trajetória profissional. “É o momento mais feliz, de um quilate importante”, observa o ator, apontando como exemplos seu mais recente trabalho na TV, a minissérie 'Teia' (Globo), que acaba na semana que vem, e o longa 'Entre nós', que estreia hoje em 120 salas do país.

“O filme fala de uma geração. Não só de uma geração de personagens, mas de atores. Poder estar no set com Caio (Blat), Júlio (Andrade), Carolina (Dieckmann), Marta (Nowill), Maria (Ribeiro) e Lee (Taylor) me deixou muito honrado, são artistas que admiro muito. Foi uma das grandes coisas da minha trajetória”, diz.

Vilhena comemora os resultados de 'Teia'. “Tenho boas críticas e retorno muito positivo do público”, afirma. Já o carinho dele por Entre nós não se limita a contracenar com amigos: é especial a oportunidade de ser dirigido por Paulo Morelli. “Ele e Lais Bodanzky estão muito próximos no critério generosidade artística”, revela.

O longa fala do reencontro de sete jovens 10 anos depois de um fato marcante. “Quando a amizade é tema de uma história, fico muito comovido. Para construir o Gus, o meu papel, que tem perfil de derrotas e frustrações, criei um alicerce em que o amor por cada um dos personagens não atrapalha a relação dele com os outros”, explica.

Ensaios 'Entre nós' foi rodado durante três semanas em um sítio em São Francisco Xavier, na divisa de São Paulo com Minas Gerais. Apesar da beleza do local, não deu para curtir a região. “O tempo era aproveitado ao máximo para ensaios e estudos de roteiro. Esmiuçamos linha por linha. Morelli foi inteligente ao reunir um grupo de atores amigos. Com isso, ele garantiu 50% da intimidade cênica”, elogia.

O filme é delicado e benfeito. O elenco reúne artistas que o Brasil viu, quase crianças, em sua TV. Adulta, a trupe prova ter talento para encarar novos e bons desafios.

'Entre nós' é o sexto longa de Paulo Vilhena. Cinema é a menina dos olhos do ator. ‘‘Você quer parar o mundo para fazer. Como sou funcionário da TV Globo, é difícil abrir mão de projetos da emissora ou pedir liberação a toda hora para filmar. Tenho de me concentrar no trabalho na TV, o que não me frustra. É de onde vim, onde comecei. Tenho que agradecer e fazer cada vez melhor”, conclui.

Assista ao trailer do filme 'Entre nós':


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO