Peladona de Congonhas tira a roupa e queima sutiã para protestar

Jéssica Lopes reclama que é vítima de preconceito e que por isso não tem oportunidade de voltar a dar aulas

por Fernanda Machado 26/03/2014 14:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Thiago Duran / AgNews
Jéssica Lopes, a Peladona de Congonhas foi professora de matemática por cinco anos (foto: Thiago Duran / AgNews)
A modelo Jéssica Lopes chamou a atenção de quem passava perto da Secretaria de Educação de São Paulo nesta quarta-feira. A ex-professora resolveu tirar a roupa e, apenas de lingerie, queimar um sutiã, como forma de protesto contra a falta de oportunidades para voltar a lecionar.

Veja como foi o protesto da Peladona de Congonhas


Formada em Matemática, Jéssica abandonou a carreira de mestre para se dedicar à vida de modelo, depois de ficar famosa por ser flagrada trocando de roupa no estacionamento do Aeroporto de Congonhas, na capital paulista. O fato lhe rendeu a alcunha de “A Peladona de Congonhas” e, posteriormente, um ensaio nu na revista Sexy.

Cansada de viver da exposição de seu corpo, Jéssica desejava voltar às salas de aula, no entanto, as oportunidades nas escolas não tem surgido. A loira atribui as negativas ao preconceito pelo fato dela já ter posado nua e por isso decidiu protestar contra a educação no país. “Se voltasse às salas de aula, acho que sofreria bullying dos pais dos alunos”, afirmou ela ao jornal Diário de São Paulo.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO