'Believe', série de Alfonso Cuarón, estreia no Brasil

Ganhador do Oscar é produtor executivo da série e assina o episódio piloto

por Mariana Peixoto 19/03/2014 06:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Eric Liebowitz/divulgação
(foto: Eric Liebowitz/divulgação)
No banco traseiro do carro, uma garota canta baixinho. Chove. O veículo, encurralado e numa estrada vazia, capota. Em poucos minutos, o casal que acompanhava a menina é morto pelas mãos de uma mulher. Quando ela está prestes a pegar a garota, aparece um homem, que chama o médico. A criança está salva. Por ora. Essa é a cena inicial de 'Believe', série que estreia nesta noite no canal pago Warner Channel, trazendo como chamariz a assinatura do mexicano Alfonso Cuarón (Oscar de melhor diretor por Gravidade).


Criador da história da menina Bo (Johnny Sequoyah), Cuarón é produtor executivo da série (produzida pela Bad Robot, de J.J. Abrams, que também figura nos créditos) e assina apenas o episódio piloto. Recém-estreada nos EUA, a produção mistura elementos já vistos em produções de ficção científica: há um quê de 'Fringe', 'Arquivo X' e até mesmo de 'Lost', mas com um pouco de doçura graças à protagonista, que tem poderes sobrenaturais (que ela mesma não entende) e é perseguida por forças misteriosas (na figura de Skouras, papel de Kyle MacLachlan, um dos atores mais prolíficos da TV americana atual).


Para ajudá-la na fuga, Bo conta com a ajuda de um grupo comandado por Milton Winters (Delroy Lindo). Logo no primeiro episódio, após a morte de seus novos pais adotivos, a menina encontra Tate (Jake McLaughlin), condenado à morte que é posto em fuga com a condição de ficar com a garota. Os dois logo se estranham e no decorrer do episódio virá a explicação do porquê de Jake ter sido escolhido para ficar com ela. Paralelamente à trama principal, Bo vai salvando o personagem de uma história secundária com a ajuda de seus poderes. Há um pouco de drama na narrativa, com alguma tensão e sustos. É a velha briga de bem contra o mal, aqui repaginada.



VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO