Caetano Veloso homenageia a mãe pelas redes sociais um ano após sua morte

Dona Canô faleceu em 25 de dezembro de 2012. Cantor publicou declaração sobre, para ele, o novo significado do Natal

por Fernanda Machado 25/12/2013 12:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Reprodução/Facebook
(foto: Reprodução/Facebook)
O dia 25 dezembro agora não é apenas o Natal para Caetano Veloso. É também a data da morte de sua mãe. Dona Canô faleceu há exatamente um ano, e o filho famoso lhe fez uma homenagem, nesta manhã, pelas redes sociais.

Pelo Facebook, Caetano Veloso revelou que passou as últimas horas pensando na mãe, e que agora a celebração natalina também representa o dia de sua morte, difícil de ser superada por ele, complementa na publicação. Mesmo que para Caetano agora o mundo pareça pior, como escreveu, o cantor e compositor ressaltou a bela vida de Dona Canô, que “morreu bonito num 25 de dezembro”.

Ao fim, Caetano fala da importância de não se abandonar a festa, e que o mais justo com a memória da matriarca dos Veloso é ser feliz. Leia o post na íntegra:

"Passei o dia e a noite pensando em minha mãe. O dia de Natal passou a ser também o dia em que ela morreu. Nunca imaginei que fosse achar tão difícil aceitar que ela tenha morrido. Era uma grande alegria tê-la viva. Claro que alegra também saber que ela viveu bonito por tanto tempo e morreu bonito num 25 de dezembro. Mas o mundo tem me parecido, desde então, muito pior. Infelizmente não sei rezar como ela chegou a saber. Talvez tenha aprendido (principalmente com ela) que reconhecer a beleza da vida é uma maneira de rezar. Hoje, no dia de Natal, sinto como é difícil reencontrar a beleza. Não temos, no entanto - e muito menos eu que sou filho dela - o direito de abandonar a festa. A festa de tudo o que há, que é o que significa o jeito como ela habitou este mundo. Ela pôde dizer que a ideia de um Natal feliz resiste a toda tristeza. O mais justo com sua memória é acertar a ser feliz", Caetano Veloso.

Biografia

Claudionor Viana Teles Veloso, a Dona Canô, faleceu em 25 de dezembro de 2012, três meses depois de completar 105 anos. O último aniversário foi comemorado com a tradicional festa em casa e a missa que reuniu amigos e a família, na cidade de Santo Amaro.

A centenária baiana nasceu em 16 de setembro de 1907. Mãe de oito filhos, é viúva de José Teles Velloso, mais conhecido como "Seu Zeca", funcionário público dos Correios, falecido em 13 de dezembro de 1983, aos 82 anos.

Conhecida por sua personalidade forte e a receptividade, Dona Canô sempre participava da célebre Festa de Reis em Santo Amaro, que reúne milhares de pessoas em toda região. Atrás da aparência frágil, escondia a força e a longevidade, sempre lutando para melhorar a cidade, onde acolheu os moradores com todo o carinho de mãe.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO