Grife de roupas processa Lindsay Lohan em R$ 10 milhões

Atriz é acusada de quebra de contrato e fraude. Empresa afirma que imagem negativa de Lohan teria prejudicado as vendas da marca

por Fernanda Machado 21/05/2013 14:38

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Michael Buckner/Getty Images/AFP
(foto: Michael Buckner/Getty Images/AFP)

Lindsay Lohan parece não conseguir se livrar de processos na Justiça. A atriz – que voltou a se tornar frequentadora assídua de clínicas reabilitação – está sendo processada pela grife americana de roupas D.N.M.A., por conta de sua imagem negativa.


Segundo o TMZ, empresa exige, em um processo de quebra de contrato e fraude, uma indenização de US$ 5 milhões (R$ 10 milhões, aproximadamente). O valor seria referente a prejuízos com a linha de roupas 6126, assinada pela polêmica atriz. No processo, a D.N.M.A. afirma que os modelitos teriam empacado nas araras após os seguidos escândalos de Lohan, em 2010.

A ação veio em resposta a um processo movido por Lohan contra a D.N.M.A.. Ela exige na Justiça a quantia de US$ 1,1 milhão à grife, que não teria efetuado os pagamentos pelo licenciamento de sua imagem para linha de roupas 6126.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO