Sinta-se em casa: bistrô em BH tem atendimento personalizado e exclusivo, confira!

Inaugurado em 2016, bistrô Ro.Za reformulou sua estratégia para atender a grupos fechados, de oito a 40 pessoas. Chef Rodrigo Zarife oferece cardápio feito sob medida para os clientes

por Mariana Peixoto 03/05/2017 11:12

Marcos Vieira/EM
O cardápio será definido entre o chef e o cliente, de acordo com gostos e restrições alimentares. (foto: Marcos Vieira/EM)
Um bistrô para chamar de seu. De certa maneira, é dessa forma que se pode definir o Ro.Za Bistrô, no Santa Lúcia. Criado há um ano pelo chef Rodrigo Zarife, o espaço só abre sob demanda. Atende a grupos de oito a 40 pessoas. E o cardápio fica ao gosto do freguês.

Pode ser um bar de tapas, só com tira-gostos, ou um jantar harmonizado, com até oito pratos. Como trabalha com uma reserva única, o espaço é dedicado a um só grupo. É quase como estar em casa, ainda mais porque o Ro.Za funciona numa área da própria residência do chef.

Zarife, formado pelo Senac Grogotó, é conhecido pela influência ibérica na gastronomia mineira contemporânea. Isso porque atuou por sete anos na Europa, principalmente na Espanha.

No início deste ano, esteve naquele país fazendo pesquisas gastronômicas. Incorporou ao cardápio o crepe de foie gras com confit de maçã, a balinha de galinha caipira com geleia de pimenta (ambos entradas) e o arroz de pato.

Zarife, vale lembrar, prepara paellas gigantes, que se tornaram sensação em eventos gastronômicos. No Ro.Za, elas também podem entrar no cardápio – o tamanho quem vai definir é o número de convidados do evento.


CARDÁPIO

Marcos Vieira/EM
(foto: Marcos Vieira/EM)
 
“Como o bistrô é exclusivo, tudo vai funcionar de acordo com a vontade do cliente. Ele pode até escolher a seleção musical”, comenta Zarife. O cardápio será definido entre o chef e o cliente, de acordo com gostos e restrições alimentares.
Os menus custam a partir de R$ 95 por pessoa (incluídos água e refrigerante). O bistrô conta com adega, mas, se o cliente quiser, pode levar os próprios vinhos que não será cobrada rolha.

Quando foi inaugurado, o Ro.Za abria para mais de um grupo. A proposta não durou muito, Zarife explica. “Muita gente sem compromisso com reserva. E há também a questão da segurança, pois o restaurante funciona dentro da minha casa. Como o modelo é novo, a gente preferiu atender a grupos que já têm um entendimento prévio.”

Para montar o bistrô, o chef reformou a parte de baixo de sua casa, instalando ali a cozinha e o restaurante, com poucas mesas. “O bistrô, na verdade, é uma parte do negócio”, comenta ele, também à frente do Ro.Za Catering, de eventos externos.

“Como é um viés em que trabalho muito, quando o catering está funcionando o bistrô não admite reserva. É porque sou sempre eu que estou à frente da cozinha”, explica Zarife.

Ro.ZA

Rua Via Láctea, 111, Santa Lúcia. 
(31) 99925-0007. Reservas podem ser feitas com até 24 horas de antecedência.

 

 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA