Moranga inventiva: sai o camarão, entra a carne de charque na receita

Direto de Andradas, a 498 quilômetros de Belo Horizonte, a pedida para o outono é o charque na moranga, iguaria criada por Vitor Lourenço Nogues Giampaolo

por Estado de Minas 26/04/2017 11:08
Beto Novaes/EM
(foto: Beto Novaes/EM)
Sabor sofisticadíssimo, que fica grudado na memória por dias a fio. Há oito anos, o Chef Vitor Lourenço Nogues Giampaolo se dedica às deliciosas experiências gastronômicas com esse tipo de abóbora, já contabilizando o preparo de 25 mil. A inspiração veio do camarão na moranga, que ele provou e aprovou no litoral, decidindo, em seguida, testar novos sabores. Em Andradas, o prato pode ser encontrado no restaurante do Clube Rio Branco, com o qual Vitor, considerado o “rei da moranga”, mantém parceria. Se o freguês quiser variar, a moranga também pode se recheada com frango, calabresa, filé mignon e salmão. Bom demais, né? Quem ficar com água na boca e não estiver em Andradas, não deve se preocupar. O mestre-cuca tem um bufê que faz o serviço de entrega em todo o País. “Pode ser uma festa lá no meio do Amazonas, que chega direitinho”, garante, sorridente.

Ingredientes:

• 1 abóbora-moranga (3,5 kg)
• 800 g de charque ou carne-de-sol, sem gordura
• 50 ml de azeite de oliva
• 200 g de tomate picado
• 200 g de cebola picada
• 1 pitada de pimenta-do-reino branca
• 1 pitada de noz-moscada
• 1 colher (de sopa) de mostarda
• 1 colher (de sopa) de ketchup
• 1 colher (de sopa) de molho inglês
• 300 ml de molho branco
• 200 ml de molho de tomate (caseiro ou pronto)
• Meio copo de vinho branco seco
• 300 g de requeijão
• 200 ml de creme de leite
• Salsinha e cebolinha a gosto
• 1 pitada de alho poró
• Queijo catupiri

Para o molho branco
• 50 g de farinha de trigo
• 50 g de manteiga
• 1 litro de leite

Como fazer Charque na moranga


Preparo da abóbora
Cortar a carne, já limpa e sem gordura, em cubos de 2 cm x 2 cm e deixar de molho de um dia para o outro, sempre trocando a água. Reservar. Retirar uma tampa da moranga (no lado do talo), com faca de serra, num corte firme e enviezado. Com uma colher, tirar as sementes e as fibras interiores, deixando a abóbora completamente oca. Colocá-la em uma panela com água, com a parte aberta virada para baixo. Pôr esta panela em banho-maria, de forma a cozinhar até chegar ao ponto, que é quando o garfo entra suavemente na polpa. 

O molho
Dourar a farinha na manteiga e acrescentar o leite, até dar ponto de creme. 

O recheio
Colocar a carne na panela de pressão até que ela fique bem macia. Em outra panela, refogar a carne com o azeite, a pimenta, a noz-moscada e o alho poró. Quando a carne adquirir cor diferente, adicionar o molho inglês, mostarda e ketchup. Em seguida, juntar o vinho. Sempre mexendo, colocar o molho de tomate, o requeijão, o molho branco, a salsinha e a cebolinha. Após desligar o fogo, acrescentar o creme de leite. Despejar o recheio na moranga e decorar as bordas com catupiri. Levar ao forno (200 graus) para gratinar, durante dez minutos.
 
A receita fornecida por Vitor L. N. Giampaolo, de Andradas  foi publicada no Guia Sabores de Minas, em março de 2005 

 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA